Brasil
Análise

O Brasil parece ter um enorme potencial para veículos elétricos

Bnamericas Publicado: terça-feira, 15 novembro, 2022
O Brasil parece ter um enorme potencial para veículos elétricos

O Brasil tem grande potencial para se beneficiar na cadeia de valor de veículos elétricos, disse Enrique Glotzer, diretor de prática de energia da consultoria Charles River Associates em Londres, à BNamericas.

“Veículos elétricos exigem metais, cobre, lítio e tudo isso está no Brasil. E os biocombustíveis para carros não agregam tanto valor quanto poderiam. A aviação poderia pagar mais pelos biocombustíveis”, afirmou.

Glotzer disse que a maioria dos fabricantes de automóveis está investindo em veículos elétricos e que, quando o preço se aproximar do preço dos veículos a combustão, “acabou”.

“Eles são muito mais baratos de operar, exigem menos manutenção e funcionam melhor”, disse Glotzer.

De acordo com a ABVE, associação local de veículos elétricos, cerca de 116 mil veículos elétricos leves estão operando no Brasil, incluindo unidades híbridas (HEV), híbridas plugáveis (PHEV) e 100% elétricas a bateria (BEV). Ônibus, caminhões e veículos elétricos muito leves não fazem parte da categoria.

O mercado brasileiro de veículos elétricos está projetado para fechar 2022 com vendas totais de 44 mil a 46 mil, o que representará um crescimento de 25% a 31% em relação a 2021.

As vendas nos primeiros 10 meses de 2022 atingiram 38.663 veículos, superando em 10,5% as 34.990 de todo o ano passado.

O destaque no período foram as vendas de BEVs, que atingiram 6.831 unidades, alta de 41,5% sobre o total de BEVs de toda a série histórica (4.827) que a ABVE  registrou de 2012 a 2021.

PERSPECTIVA ENERGÉTICA

Segundo Glotzer, 2023 será mais um ano desafiador devido às turbulências geopolíticas, principalmente associadas à guerra na Ucrânia. “Os mercados vão ficar apertados pelo menos até 2025, com muita volatilidade. Eu não esperaria que os preços da gasolina caíssem muito”, disse ele.

Essa situação afeta o Brasil, que é um importador de gás, mas o país tem condições relativamente favoráveis, graças aos seus grandes reservatórios hidrelétricos, combinados com o potencial eólico e solar.

No entanto, o país terá que construir infraestrutura de transmissão de energia para inserir a energia renovável adicional na rede nacional.

Não por acaso, os leilões de transmissão programados para serem realizados pela Aneel em 2023 devem demandar um investimento recorde de R$ 50 bilhões (US$ 9,5 bilhões), mesmo valor contratado entre 2018 e 2022.

Glotzer disse que o Brasil também terá que investir em tecnologia de smart grid e direcionar parte de sua energia renovável para a atividade industrial local, enquanto potencialmente abastece mercados estrangeiros com amônia verde, metanol e fertilizantes.

As commodities verdes podem ser obtidas a partir da produção de hidrogênio verde, produzido com energia renovável.

“O Brasil tem uma combinação muito boa de fator de alta capacidade eólica e solar, especialmente na região Nordeste”, disse Glotzer.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Energia Elétrica (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Energia Elétrica projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

  • Projeto: Tocantinzinho
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 dias atrás

Outras companhias em: Energia Elétrica (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Energia Elétrica companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.