Colômbia , Chile , México e Brasil
Notícias

De olho nos investimentos e financiamentos de TIC na América Latina

Bnamericas Publicado: sexta-feira, 01 abril, 2022
De olho nos investimentos e financiamentos de TIC na América Latina

A Arthur Mining, empresa de mineração de ativos digitais com sede nos EUA que opera em diversos mercados na América Latina, incluindo o Brasil, está em negociações avançadas para concluir uma rodada de financiamento da Série A com investidores, disse o CEO Rudá Pellini à BNamericas.

Em setembro, o grupo, fundado em 2021, arrecadou US$ 2 milhões em uma rodada de investimentos seed liderada pelas empresas brasileiras de venture capital Green Rock e Fuse Capital. A empresa também pretende abrir o capital até 2023 por meio de uma Empresa de Aquisição de Propósito Específico (SPAC).

A Arthur Mining informou que usa gás do queimador descartado, desperdiçado e subvalorizado da indústria de petróleo e gás como fonte de geração de energia para suas instalações móveis de mineração de bitcoin, em uma estrutura de baixo custo.

A empresa afirma que o processo, ao reduzir as emissões de gases de efeito estufa das atividades de queima de gás e ventilação, resulta em uma operação de mineração eficiente, lucrativa e que compensa as emissões de carbono.

***

A empresa brasileira de ERP Sankhya investiu um valor não divulgado na PontoTel, fornecedora de acesso eletrônico e controle de gerenciamento de tempo da força de trabalho, para expandir seu portfólio de gestão de capital humano (HCM).

Este foi o segundo investimento da Sankhya após um financiamento de R$ 425 milhões (US$ 90,6 milhões) recebido do fundo soberano de Cingapura GIC. O primeiro foi a aquisição da Neppo Tecnologia, em novembro passado, fornecedora de soluções de comunicação omnicanal com inteligência artificial.

“A partir da iniciativa, complementamos nosso escopo criando um ecossistema de soluções para RH no Brasil, totalmente integrado ao nosso ERP na nuvem, e que traz mais transparência e visibilidade para a gestão de ponto dos colaboradores”, disse Felipe Calixto, CEO da Sankhya, em uma nota.

A Sanhya, que registra 16 mil usuários de ERP no Brasil, disse que espera realizar pelo menos seis novas operações de M&A este ano.

***

O setor de tecnologia brasileiro registrou 169 transações de M&A no primeiro trimestre do ano, considerando os negócios fechados anunciados, cinco a mais que no mesmo período de 2021, segundo dados do Transactional Track Record (TTR).

Foram divulgados valores para cerca de 50% dos acordos, atingindo um total de R$ 5,5 bilhões, de acordo com o TTR.

A maior transação realizada no período foi a venda da Merchant e-Solutions pela Cielo USA, subsidiária da brasileira Cielo, para a Sam I Acquisition Corp, subsidiária da Integrum Holdings.

***

A chinesa Huawei lançou esta semana seu acelerador de startups Huawei Spark Program no Chile, expandindo ainda mais a iniciativa na América Latina.

O programa visa apoiar empresas dedicadas a empreendimentos tecnológicos em diferentes estágios de crescimento.

A Huawei tem como alvo principalmente startups dedicadas a inteligência artificial e machine learning (IA e ML), software como serviço (SaaS), 5G, computação de borda e soluções de análise.

As empresas selecionadas receberão mentoria e empréstimo para a contratação de serviços na Huawei Cloud, que variam de US$ 2.000 a US$ 100.000. O programa já está ativo na América Latina em países como Brasil, México e Argentina.

***

A fintech colombiana Leal levantou uma rodada da Série A de US$ 10 milhões coliderada pelo Rakuten Group (por meio de seu braço de investimentos Rakuten Capital) e pela IDC Ventures para expansão na América Latina, informou a empresa em um comunicado.

Como primeira parada, a empresa lançará o cartão de crédito da marca e ampliará suas operações no México.

A Leal também planeja expandir o programa de recompensas, a carteira digital, o ecossistema de pagamentos, a base de usuários, a rede de comerciantes e as Leal Coins em toda a Colômbia e América Central.

Os fundos da Série A também serão usados para expandir o portfólio do ecossistema financeiro da empresa para além do cashback, informou a Leal.

***

A aceleradora de startups chilena Aster está lançando uma nova chamada para selecionar startups focadas em soluções que promovam o desenvolvimento ou contribuam para a diversificação de indústrias estratégicas na região de Antofagasta.

O foco está em iniciativas relacionadas à mineração, energias renováveis, recursos hídricos, logística, turismo e astronomia.

As empresas selecionadas terão suporte gratuito para o modelo de negócios, crescimento, vendas e experiência do usuário, entre outros aspectos.

As inscrições serão abertas em 7 de abril e vão até 8 de maio. Esta é a segunda chamada lançada pela Aster desde seu lançamento, em setembro de 2021.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.