Brasil
Notícias

Associação relata possível abuso econômico no combustível de aviação em Cumbica

Bnamericas Publicado: quinta-feira, 17 novembro, 2022

A Associação Brasileira de Aviação Geral (Abag) consultou a ANP sobre a possibilidade de abrir uma investigação de abuso econômico na venda de combustíveis ou, pelo menos, considerar o aperfeiçoamento das regulamentações existentes. 

No Brasil, a aviação geral concentra 95% da frota de aeronaves civis e está presente em 100% dos aeródromos do país. 

O segmento é composto por empresas de táxi aéreo, especializadas em operações aeromédicas e offshore (transporte de pessoas e cargas entre o continente e as plataformas de petróleo), aviação agrícola, instrução de voo, serviços aéreos especializados e operações de transporte aéreo privado. 

Em carta enviada à ANP, a Abag destacou que, ao contrário das companhias aéreas – “corporações gigantes com enorme poder de barganha com as distribuidoras de petróleo” – a aviação geral envolve pessoas físicas e pequenas empresas, que são obrigadas a pagar o preço cobrado na bomba. 

“É o distribuidor quem dita os preços, e a operadora de aviação geral tem que aceitar o valor que é oferecido”, disse a Abag. 

A associação destacou que, em vários aeroportos locais, notadamente os operados pelo setor privado e destinados ao atendimento da aviação geral, tem constatado flagrantes abusos do poder econômico, com administradores aeroportuários restringindo o fornecimento de combustível a uma única distribuidora. 

A Abag também solicitou que a ANP procure esclarecer se uma eventual investigação deverá ser aberta pelo Cade, na qual poderia colaborar. 

Na semana passada, o Cade multou as distribuidoras de combustíveis Air BP, Vibra Energia e Raízen por erguer barreiras artificiais de entrada no mercado de querosene de aviação no aeroporto internacional de São Paulo (Guarulhos). 

Guarulhos foi responsável por quase metade do consumo de combustível de aviação do país entre janeiro e junho, com 1,2 milhão de metros cúbicos. 

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Óleo e Gás (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

Outras companhias em: Óleo e Gás (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Enauta Energia S.A.  (Enauta)
  • A Enauta Energia SA, anteriormente Queiroz Galvão Exploração e Produção, uma subsidiária da empresa brasileira Construtora Queiroz Galvão SA, se dedica à exploração e produção d...
  • Companhia: Equinor Brasil Energia Ltda.  (Equinor Brasil)
  • Equinor Brasil Energia Ltda. (Equinor Brasil), subsidiária da norueguesa Equinor, antiga Statoil, criada em 2000 no Rio de Janeiro, se dedica à exploração e produção de petróleo...
  • Companhia: Reunion Engenharia Ltda  (Reunion Engenharia)
  • A descrição contida neste perfil foi extraída diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores da BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...