Colômbia
Notícias

Canacol avança nos planos do gasoduto Jobo-Medellín

Bnamericas Publicado: sexta-feira, 11 novembro, 2022
Canacol avança nos planos do gasoduto Jobo-Medellín

A Canacol espera receber uma licença ambiental para o projeto do gasoduto Jobo-Medellín dentro de nove meses, enquanto intensifica seus planos de expansão de gás natural na Colômbia, disse o CEO Charle Gamba nesta sexta-feira (11).

Os comentários foram feitos menos de um mês depois de a empresa canadense ter assinado um contrato de construção, propriedade, operação e manutenção para o duto de 289 km com o grupo de engenharia chinês Setco. Segundo os termos do contrato, a Setco será obrigada a cobrir 100% dos custos do projeto, que até agora haviam sido assumidos pela Canacol.

“Quando a licença ambiental for emitida, a Setco reembolsará todos os custos até essa data”, afirmou Gamba na conferência sobre os resultados trimestrais da empresa. “Esperamos que seja em agosto de 2023.”

O gasoduto Jobo-Medellín está previsto para ser concluído em dezembro de 2024, inicialmente transportando até 100 MMf³/d (milhões de pés cúbicos por dia) de campos de gás natural perto da costa do Caribe para Medellín, segunda maior cidade da Colômbia.

De acordo com os documentos de licenciamento publicados pelo regulador ambiental ANLA, a previsão é que o investimento total no projeto chegue a 2,13 trilhões de pesos (US$ 434 milhões).

A Canacol também está buscando aumentar a capacidade de produção em seus campos de gás colombianos dos atuais 250 MMf³/d para 300 MMf³/d nos próximos dois anos.

“O gasoduto [...] adicionará 100 MMf³/d, com potencial de expansão para até 200 MMf³/d de novas vendas de gás para o interior no final de 2024. Com isso, a Canacol será responsável por [...] até 40% do fornecimento doméstico de gás da Colômbia”, destacou a empresa em um relatório de operações.

No segmento de upstream, a Canacol informou que pretende concluir a perfuração de três prospectos exploratórios no quarto trimestre – Saxophone 1, Chimela 1 e Dividivi 1 –, depois de já ter perfurado nove alvos novos em 2022.

GÁS VENEZUELANO

Enquanto isso, a Canacol afirmou não estar preocupada com a possível retomada das importações de gás venezuelano por meio de um gasoduto com capacidade de 300.000 f³/d.

Em agosto, a ministra da Energia Irene Vélez anunciou a possibilidade de reativar o gasoduto – que está em desuso desde 2014 – em uma tentativa de garantir a segurança energética da Colômbia à medida que as reservas domésticas de gás diminuem.

“A maior parte das reservas de gás da Venezuela está sendo usada para consumo interno”, disse Gamba, acrescentando que há “incerteza” sobre o custo necessário para restaurar e reintegrar o gasoduto.

“Outra questão está relacionada ao preço desse gás. Naturalmente, a [petroleira estatal venezuelana] PDVSA e o governo daquele país estão pensando em exportar gás na forma líquida porque os preços são muito mais altos.”

“Os preços do gás na Europa chegam a US$ 40 [por milhão de unidades térmicas britânicas]. Acho que ninguém espera que a Venezuela doe seu gás, e o valor estará mais próximo dos preços internacionais do que dos preços colombianos”, acrescentou.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Óleo e Gás (Colômbia)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

  • Projeto: Bloque VIM 15
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 anos atrás
  • Projeto: Bloco URIBANT
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 anos atrás
  • Projeto: bloco turpial
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 anos atrás
  • Projeto: Bloco SSJN 1
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 anos atrás
  • Projeto: Bloco SIRIRI
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 anos atrás
  • Projeto: Bloco POINTER
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 anos atrás
  • Projeto: Bloque OMBU
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 anos atrás
  • Projeto: Bloco NASHIRA
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 anos atrás
  • Projeto: Bloco MUISCA
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 anos atrás

Outras companhias em: Óleo e Gás (Colômbia)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Gases del Caribe S.A. E.S.P.  (Gases del Caribe)
  • A empresa colombiana Gases del Caribe SAESP distribui, comercializa e promove o uso do gás natural como fonte de energia em residências e empresas, além de oferecer serviços de ...
  • Companhia: Henkel Internacional SAS  (Henkel)
  • A descrição contida neste perfil foi retirada diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores do BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...
  • Companhia: Parko Services S.A.  (Parko Services)
  • A descrição contida neste perfil foi retirada diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores do BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...