Brasil
Notícias

Supercomputador da Petrobras deve estar totalmente operacional até o final do ano

Bnamericas Publicado: quarta-feira, 16 novembro, 2022
Supercomputador da Petrobras deve estar totalmente operacional até o final do ano

A Petrobras planeja ter seu mais novo supercomputador, estimado em R$ 300 milhões (US$ 55,8 mi), funcionando com capacidade total até o final do ano.

Batizada de Pégaso, a máquina de processamento de alta capacidade (HPC) tem capacidade para 21 petaflops e já está em operação, informou a empresa em comunicado. Um petaflop equivale a um quatrilhão de operações por segundo.

A Petrobras iniciou a montagem em julho. Atualmente, a empresa possui quatro supercomputadores: Pégaso, Fênix, Atlas e Dragão.

Todas as máquinas foram montadas e entregues pela empresa francesa de TI Atos, na maioria dos casos com equipamentos fabricados pela Positivo Servers & Solutions, unidade de infraestrutura de TI da fabricante brasileira de eletrônicos Positivo.

A gigante do petróleo disse que o Pégaso tem a maior capacidade de processamento de qualquer supercomputador da América Latina e, citando o ranking Green500,afirma ser o  mais ecoeficiente.

Segundo a Petrobras, Pégaso também é o quinto mais poderoso da indústria global de petróleo e gás e o 33º supercomputador global.

O investimento nessas máquinas permite à empresa aplicar conhecimento técnico no processamento de dados geofísicos e geológicos para reduzir incertezas e riscos de projeto, além de reduzir o tempo entre a descoberta de um campo de petróleo e o início da produção.

“A ampliação do processamento de dados permite à Petrobras gerar imagens de subsuperfície cada vez mais nítidas das áreas mapeadas para exploração e produção de petróleo e gás natural, além de reduzir o tempo de processamento dessas informações. Isto contribui para otimizar a produção, aumentar o fator de recuperação das reservas atuais e maximizar a eficiência dos projetos exploratórios da empresa”, disse Fernando Borges, diretor-executivo de E&P da Petrobras.

O investimento é “essencial” para viabilizar programas estratégicos como o EXP100, que visa atingir 100% de aproveitamento de dados para projetos exploratórios; e os projetos CEOS e PROD1000, cujo objetivo é reduzir os prazos de início da produção, segundo a empresa.

NÚMEROS

Pégaso foi projetado para aumentar a capacidade de processamento da empresa de 42 para 63 petaflops, enquanto a Petrobras espera atingir capacidade total de processamento de 80 petaflops usando todos os seus supercomputadores.

Dragão tem capacidade para 14 petaflops e Atlas 8.9 petaflops.

Pégaso tem 678 terabytes de RAM, além de 2.016 GPUs. A máquina possui 30 toneladas de componentes distribuídos em racks que, alinhados, somam 35 metros.

Em plena capacidade, Pégaso consumirá 1,5 MW, o equivalente ao consumo anual de uma cidade de 6,8 mil habitantes, informou a Petrobras.

OUTRA MÁQUINA

Enquanto isso, a Dell Technologies venceu uma licitação para fornecer à Petrobras mais uma nova máquina HPC e a entrega está prevista para começar em dezembro. A nova máquina está prevista para entrar em operação em 2023.

Raymundo Peixoto, vice-presidente regional de soluções de datacenter da Dell, disse recentemente à BNamericas que a empresa está focada em garantir novos – e mais robustos – contratos de HPC com grandes indústrias, como nos setores de petróleo e gás e serviços públicos, enquanto dobra em médias prospecção de empresas nos setores de varejo e financeiro.

Segundo Peixoto, a Dell tem “algumas dezenas” de projetos relacionados à supercomputação em desenvolvimento no Brasil, México e Chile – nos dois últimos com aplicações voltadas principalmente para usos científicos.

Fonte da imagem: Petrobras

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: TIC (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

Outras companhias em: TIC (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Nextel Telecomunicações Ltda.  (Nextel Brasil)
  • Nextel Brasil, uma subsidiária da NII Holdings com sede na Virgínia, é uma provedora de serviços de comunicações sem fio totalmente integrados. Oferece serviços 3G de voz e Inte...