Brasil
Press Release

Veículos elétricos ampliam demanda por minérios

Bnamericas Publicado: quinta-feira, 17 novembro, 2022

Por Companhia Baiana de Pesquisa Mineral

Novembro 17, 2022

O anúncio recente da instalação de três fábricas na Bahia, pela maior fabricante de carros elétricos do mundo, a BYD Auto, está repercutindo em diversos segmentos do estado, dentre eles a mineração. A empresa que tem o objetivo de acelerar a transição verde do setor de transporte global, se concentra no desenvolvimento de veículos elétricos puros e híbridos plug-in. Com isso, uma vez que a BYD deverá priorizar a contratação de empresas estabelecidas na Bahia, inclusive para a aquisição de insumos, espera-se que ocorra um aumento na demanda de diversos tipos de minérios no estado, como é o caso por exemplo, do níquel, ferro, cobre e do lítio, este ainda não produzido em terras baianas, mas com potencial na região de Itambé.

As unidades que serão instaladas no estado irão produzir chassis de ônibus e caminhões elétricos e veículos de passeio elétricos e híbridos e processar lítio e ferro fosfato, para a produção de baterias, conforme o protocolo de intenções assinado no final de outubro entre a BYD do Brasil, subsidiária da empresa chinesa no país, e o Estado da Bahia. A maior fabricante de carros elétricos do mundo deverá investir R$ 3 bilhões para instalar as três fábricas na Bahia, gerando 1.200 empregos diretos apenas durante o período de implantação.

Para o presidente da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), Antonio Carlos Tramm, esse protocolo de intenções é muito importante para a mineração baiana, pois deve incentivar e acelerar o trabalho de pesquisa mineral. “A Bahia já é um dos estados mais bem estudados geologicamente do Brasil. Ao longo dos últimos 50 anos a CBPM vem trabalhando para melhorar constantemente as informações geológicas que temos do nosso estado e nos últimos anos estamos investindo na utilização do que há de mais moderno em pesquisa mineral, como é o caso do último levantamento aerogeofísico realizado no primeiro semestre deste ano, no Norte do estado, e as Cartas de Anomalias, da área da Ferrovia de Integração Leste-Oeste (FIOL), que foi um trabalho desenvolvido junto com o Serviço Geológico do Brasil (SGB), nosso parceiro em diversos projetos, e que serão lançadas na próxima quinta-feira (17)”, anunciou Tramm.

Investimento em Pesquisa 

O investimento em pesquisa mineral da Bahia já é uma realidade no estado, que é o terceiro maior produtor de minérios do país e produz 47 tipos de substâncias minerais. Dados da Agência Nacional de Mineração (ANM) mostram que no acumulado dos últimos cinco anos (2017 a 2021) a Bahia foi o estado que mais realizou investimentos em pesquisa mineral. No total, foram mais de R$ 1,5 bilhões de reais (contabilizando investimentos públicos e privados), o que vem se refletindo nos resultados crescentes obtidos pelo setor nos últimos anos.

O trabalho de pesquisa realizado pelo estado e a importância da Bahia na produção de minérios essenciais para a realização da transição da matriz energética foram ressaltadas pelo presidente do IBRAM (Instituto Brasileiro de Mineração), Raul Jungmann, durante o II Fórum de Inovação e Sustentabilidade na Mineração, realizado, este ano, em Salvador. “O futuro da descarbonização passa pela Bahia. Nós precisamos ampliar, reconhecer o papel, a importância da pesquisa mineral e, nesse sentido, quero dar parabéns à Bahia e, particularmente, à CBPM. A Bahia hoje é a campeã nacional em pesquisa mineral. Um em cada três reais aplicados em pesquisa é aqui na Bahia”, enfatizou Jungmann.

Dentre os minerais que são essenciais para a transição da matriz energética e consequentemente a produção dos carros elétricos e de suas baterias, a Bahia sai na frente como o principal produtor de níquel do país, e único produtor do níquel sulfetado, utilizado para a produção de baterias; único produtor do país de vanádio, também utilizado na produção de baterias, além de ser o terceiro maior produtor de cobre do país, matéria-prima que é essencial na produção de carros elétricos.

Conforme o Principal Consultant da CRU (empresa especializada em inteligência de negócios para empresas de mineração, metais e fertilizantes), Francisco Acuñ, o cobre possui um grande impacto na produção de carros elétricos. “Os motores de carros híbridos possuem em torno de 20 quilos de cobre em sua estrutura. Já nos 100% elétricos a quantidade de material usado pode corresponder a 80 quilos. O cobre é matéria-prima importante para a fabricação de motores de carros elétricos e acredito que, futuramente, o Brasil também deverá seguir essa tendência da indústria automobilística mundial”, afirmou Acuña, durante painel de minérios estratégicos realizado durante a última Exposibram.

A produção de cobre, já é um dos destaques no estado, e deve ter um grande avanço nos próximos anos. Na última segunda-feira (07), a Ero Copper anunciou um aumento de 31% nas reservas minerais de Caraíba. Com isso, espera-se um crescimento constante na produção de cobre de 45,3 mil toneladas, em 2023, para 59,4 mil toneladas de cobre até 2036 e vida útil atual da mina de 20 anos.

Cartas de Anomalias FIOL
Para ampliar ainda mais o conhecimento geológico do estado, a CBPM em parceria com o Serviço Geológico do Brasil (SGB) irá lançar na próxima quinta-feira (17), a partir das 9h30, no auditório da CBPM (situado no CAB), às Cartas de Anomalias FIOL, produzidas com a integração de dados geológicos, geofísicos e geoquímicos.

Ao todo são 15 Cartas, que visa incentivar a pesquisa mineral do país viabilizando a avaliação preliminar dos setores de maior probabilidade para prospecção da substância mineral de interesse, e fomentando novos investimentos pelo setor privado.

Prêmio CBPM de Mineração
Para valorizar e reconhecer a mineração baiana, e também as suas ações sustentáveis, a CBPM criou o Prêmio CBPM de Mineração, que elegerá a empresa e a personalidade de 2022 da mineração baiana. A escolha está sendo realizada por votação ao longo do mês de novembro no site da CBPM (www.cbpm.ba.gov.br). Vale ressaltar, que as premiações são distintas e a escolha da personalidade do ano não ocorre em conjunto com a da mineradora (podendo dessa forma ser escolhida uma empresa e a personalidade de outra, se os eleitores decidirem). A divulgação dos resultados e a cerimônia de premiação acontecerão no mês de dezembro, inclusive quando a CBPM comemora os 50 anos da sua fundação.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Mineração e Metais (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Mineração e Metais projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

  • Projeto: Borborema
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 5 meses atrás
  • Projeto: Pedra Branca
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 5 meses atrás
  • Projeto: Itaituba
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 5 meses atrás
  • Projeto: Liberdade
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 5 meses atrás
  • Projeto: Lavra Velha
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 6 meses atrás

Outras companhias em: Mineração e Metais (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Mineração e Metais companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Gerdau Açominas S.A.  (Açominas)
  • A Gerdau Açominas, subsidiária da siderúrgica brasileira Gerdau, tem como atividade a produção e comercialização de placas de aço, blocos, tarugos, perfis estruturais e fio-máqu...
  • Companhia: Samarco Mineração S.A.  (Samarco)
  • A Samarco Mineração SA é uma empresa brasileira que atua na mineração, beneficiamento, pelotização e exportação de minério de ferro. As operações de mineração e beneficiamento d...