México e Canadá
Análise

Queda do IED em mineração no México deve ultrapassar os 15%

Bnamericas Publicado: quarta-feira, 30 novembro, 2022

O investimento estrangeiro direto (IED) atraído pelo setor de mineração no México entre janeiro e setembro caiu 55,9% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados preliminares do governo.

Se a tendência continuar, o IED na mineração fechará 2022 com queda maior do que a prevista pela Câmara de Mineradora Mexicana (Camimex).

Nos primeiros nove meses de 2022, o país captou US$ 1,5 bilhão de empresas estrangeiras da indústria de mineração, valor inferior aos US$ 3,5 bilhões para o ano até setembro de 2021, informou a Secretaria da Economia em relatório.

Neste mês, a Camimex disse à BNamericas que até o final do ano estima investimentos 15% menores que os US$ 4,8 bilhões captados pela indústria de mineração em 2021, e prevê em torno de US$ 4 bilhões para 2023.

Embora a queda até agora em 2022 seja explicada sobretudo pela base de comparação atipicamente alta registrada pelo IED na mineração em 2021, fatores como a alta inflação causada pelo conflito entre Rússia e Ucrânia, a desaceleração econômica global e a incerteza sobre as políticas do atual governo mexicano também influenciaram na menor entrada de capital estrangeiro no setor.

“O que acontece é que 2021 foi praticamente um recorde. Foi um aumento surpreendente. Esse valor no ano de quase US$ 5 bilhões (de IED em mineração) ficou bem acima da média”, explicou à BNamericas James Salazar, vice-diretor de pesquisa do CI Banco.

O analista acrescentou que, no ano passado, o IED no setor se beneficiou sobretudo dos elevados preços internacionais dos minerais e metais, enquanto alguns projetos de investimento que estavam pendentes de revisão acabaram por ser concretizados. “Muitos deles antecipando qualquer possibilidade de mudanças nas regras e contratos por parte da atual administração”.

A alta de custos e a inflação também afetaram os resultados financeiros de algumas das maiores mineradoras e metalúrgicas do país – como Equinox Gold e Ternium – no terceiro e quarto trimestres, em meio à queda de preços de metais como ouro, prata, cobre e aço.

Ariel Navarro, vice-presidente de exploração da Reyna Silver, destacou entre os motivos do menor IED neste ano a queda das bolsas mundiais, a desaceleração econômica devido à pandemia de Covid-19 – que impediu muitas PMEs de continuarem operando –, além da incerteza causada pelo anúncio da nacionalização do lítio após a reforma da Lei de Mineração neste ano.

“A queda das bolsas mundiais, inclusive do Canadá, onde está localizada a maior parte das mineradoras que operam no México […] fez com que muitas empresas desistissem de seus projetos devido ao baixo fluxo de caixa para o desenvolvimento”, afirmou Navarro à BNamericas.

Ele acrescentou que “inevitavelmente, o anúncio da nacionalização do lítio provocou um ambiente de incerteza nas empresas de mineração, sobretudo nas de exploração”.

“Isso significou que o atual governo não apoia a mineração como os governos anteriores, mas, sobretudo, que poderíamos começar a ter um panorama como o da Argentina ou da Venezuela em anos anteriores, onde uma jazida não poderia ser explorada por uma empresa estrangeira ou a moeda estrangeira não se podiam tirar dos países os dividendos de tais operações”, indicou Navarro.

“No ano passado, os preços dos minerais estavam muito altos e não é necessariamente o caso agora, além de toda esta incerteza em torno da atual administração”, concluiu Salazar, do CI Banco.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Mineração e Metais (México)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Mineração e Metais projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

  • Projeto: Cervantes
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 1 semana atrás
  • Projeto: Plomosas
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Media Luna
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Santa Maria
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Evelyn
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: San Javier
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 3 semanas atrás
  • Projeto: Palos Verdes
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 3 semanas atrás

Outras companhias em: Mineração e Metais (México)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Mineração e Metais companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Grupo México S.A.B de C.V.  (Grupo México)
  • O conglomerado mexicano Grupo México (GMexico) atua nos segmentos de mineração, transporte e serviços de infraestrutura. Sua divisão de mineração compreende 15 minas a céu abert...
  • Companhia: Tubos de Acero de México S.A.  (TenarisTamsa)
  • TenarisTamsa é uma fábrica de tubos sem costura totalmente integrada criada em 1952, sob o nome de Tubos de Acero de México SA Dois anos depois, a empresa iniciou suas operações...
  • Companhia: Atsa Minerales  (Atsa México)
  • A descrição contida neste perfil foi extraída diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores da BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...