Chile
Perguntas e Respostas

Destaque: o software de gestão de força de trabalho para mineração

Bnamericas Publicado: terça-feira, 13 setembro, 2022
Destaque: o software de gestão de força de trabalho para mineração

As mineradoras estão cada vez mais recorrendo a soluções tecnológicas para gerenciar sua força de trabalho.

Víctor Devia, CEO da chilena Opendat, explica como o software de gestão da força de trabalho de sua empresa foi projetado tendo em mente a indústria de mineração.

BNamericas: Em que consiste a solução oferecida pela Opendat?

Devia: É uma plataforma que opera por meio de software como serviço (SaaS), e que está localizada na nuvem com toda a infraestrutura necessária, incluindo aplicativos, servidores, bancos de dados e licenças para gerenciar a força de trabalho.

Entregamos soluções abrangentes, que permitem armazenar e gerenciar documentos, controlar acessos, realizar o credenciamento de pessoas e veículos que entram nas operações de mineração, monitorar a alimentação dos funcionários e o consumo de combustível, entre outros.

BNamericas: Você poderia nos contar um pouco mais sobre a gestão da força de trabalho?

Devia: Principalmente, é baseada no processo de credenciamento. São definidos os requisitos operacionais, legais, trabalhistas, de segurança e saúde que devem ser atendidos por cada pessoa que entra no local de mineração, sejam trabalhadores, visitantes, fiscais ou autoridades. Se for uma operação em altura, é comum solicitar um teste de altura geográfica. Este exame de saúde é validado no controle de acesso para garantir o cumprimento dos requisitos estabelecidos pelo diretor.

BNamericas: Como o aspecto de saúde da força de trabalho é gerenciado?

Devia: Com as tecnologias, o usuário pode escolher seu prato de comida, saber suas calorias e acessar a rastreabilidade do que está comendo. Estas informações podem ser comunicadas à área de saúde. Temos também um módulo de gestão médica, onde registamos as doenças de base de cada trabalhador, como diabetes, hipertensão ou outras, para que, em cenários como a pandemia, possam ser avisados sobre a conveniência de entrar num local. Há também registro de vacinação de trabalhadores e colaboradores.

BNamericas: A plataforma tem capacidade para armazenar até 6 milhões de dados. Como estas informações são gerenciadas?

Devia: Temos um repositório de informações muito grande, pois são incorporados dados de diferentes áreas: controles de acesso, refeitórios, hotéis etc. Para gerir a informação, os utilizadores ou stakeholders podem fazer relatórios de gestão com cada uma das funcionalidades. Para isso, é necessário apenas que a pessoa saiba manusear o Excel em nível avançado.

BNamericas: Como é o consumo de combustível em um trabalho?

Devia: Combustíveis e explosivos representam os maiores custos para uma mineradora. Em geral, elas possuem um fornecedor de combustíveis, seja óleo ou gasolina, que os alimenta nos tanques ou bombas para uso de caminhões, geradores etc.

A ferramenta analisa cada uma das instâncias de reabastecimento e detecta quando há um desvio do alvo. Por exemplo, se a capacidade máxima de 5 mil litros for excedida, será gerado um alarme. Com esta funcionalidade, obtivemos uma economia de 3,26% no faturamento total. Isto é muito vantajoso, pois são empresas que gastam facilmente US$ 70 milhões por ano.

BNamericas: Qual é o investimento necessário para este tipo de software?

Devia: Entre servidores, dispositivos de captura de dados, licenças e implementação, estamos falando entre US$ 400 e 500 mil.

BNamericas: Como o software geralmente pode ajudar a reduzir custos?

Devia: Com a utilização da plataforma, haverá apenas uma forma de proceder, apenas uma forma de definir a entrada de uma visita ou atribuir colaboradores. Com isto, obtém-se uma disciplina operacional essencial para obter mais rentabilidade.

Na maioria das mineradoras as leis, as dificuldades geográficas e os fornecedores são semelhantes. A diferença está na disciplina operacional.

BNamericas: Quais mineradoras demonstraram interesse nesse tipo de tecnologia?

Devia: Empresas importantes contam com nossos serviços. Aqueles que decidiram adotar suas próprias soluções tiveram que enfrentar a dificuldade de fazer software. Nossa solução garante estabilidade. Estamos no mercado há mais de vinte anos e temos clientes no Peru, como a Gold Fields, que tem a operação de mineração Cerro Corona. No Chile estamos em Cerro Colorado e Collahuasi. Estamos expandindo. A plataforma permite configurar as informações em diferentes idiomas, pois a linguagem técnica tende a variar entre os países.

BNamericas: A indústria de mineração nacional está investindo em tecnologia?

Devia: A mineração vem licitando tecnologias como se fossem commodities, ou seja, no menor valor.

BNamericas: Quais desafios estão pendentes no software?

Devia: Gostaríamos de utilizar sensores para as temperaturas ou a pressão de cada pessoa, bem como qualquer outra coisa mensurável sobre o ser humano, para fins de pandemia ou problemas de saúde. Isso seria capturado no controle de acesso, ou quando os trabalhadores frequentam os refeitórios. Também queremos aperfeiçoar a gestão alimentar de cada trabalhador para poder aconselhá-los. Os trabalhadores são parte fundamental de uma mineradora. São eles que trazem produtividade.

BNamericas: Quais foram os principais desafios tecnológicos nestes anos?

Devia: Os ciclos de tecnologia estão ficando mais curtos, mas o desenvolvimento de software ainda leva muito tempo. O desafio é fazer software em prazos mais curtos, sem implicar em menor qualidade. E o grande desafio para as operações de mineração subterrânea é obter conectividade suficiente para se beneficiar do software.

BNamericas: Que outras funcionalidades vocês planejam adicionar à mineração?

Devia: Estamos desenvolvendo uma gestão de riscos e acidentes que será incorporada à plataforma, pois nela temos todos os dados de pessoas, áreas, contratos, fornecedores, veículos etc.; ou seja, o conjunto de fatores que podem estar envolvidos em um acidente ou no levantamento de um caso.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: TIC

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

  • Projeto: México 2
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 7 meses atrás
  • Projeto: México 1
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 7 meses atrás

Outras companhias em: TIC (Chile)

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Claro Comunicaciones S.A.  (Claro Chile)
  • A Claro Chile, subsidiária da mexicana América Móvil desde agosto de 2005, é uma das três operadoras de telefonia móvel do Chile. A Claro Chile oferece serviços de telefonia móv...
  • Companhia: Sonda S.A.  (Sonda)
  • Sonda SA é uma provedora de serviços e soluções em Tecnologia da Informação que oferece equipamentos, servidores, softwares, processamento de dados e assessoria para o Banco, Go...