Argentina , Brasil , México e Chile
Feature

Fintechs se preparam para competir no negócio de seguros digitais

Bnamericas Publicado: segunda-feira, 24 outubro, 2022

As fintechs estão ganhando espaço no setor de seguros na América Latina, aproveitando a baixa penetração desse tipo de cobertura na região, que atinge uma média de 2% a 3% do PIB, segundo dados da OCDE.  

A venda de seguros surge como uma nova onda para as fintechs, após o sucesso dos serviços de pagamento e seu desembarque no negócio de crédito.

O MercadoPago começou a vender seguros de vida na Argentina com a seguradora Prudential, após ter passado por experiência semelhante no Brasil. Enquanto isso, a chilena Tenpo anunciou uma aliança com a Chubb para comercializar seguros contra roubo, em um acordo que inclui novas coberturas e mercados.

O crescimento dos pagamentos digitais em uma região acostumada a lidar com dinheiro e a alta penetração de smartphones e serviços digitais deram à Chubb o impulso para inovar em seguros e começar a forjar alianças.

“Estamos muito orgulhosos que esteja começando no Chile, mas com uma visão regional”, disse à BNamericas Rodrigo Valiente, vice-presidente da área digital da Chubb Latin America.

No Brasil, a Chubb está oferecendo diferentes coberturas de seguros em parceria com o Nubank.

“O mundo dos seguros, de certa forma, estava muito ligado aos canais de distribuição tradicionais. Então, se uma pessoa não é bancarizada, é muito difícil que ela tenha recebido uma oferta de seguro relevante”, disse à BNamericas o diretor regional de insurtech do MercadoPago, Carlos Cernadas.

O desafio do setor não é apenas atingir uma população tradicionalmente não coberta por seguros, mas também oferecer um atendimento melhor, mais simples e 100% digital, tanto para marketing quanto na hora do sinistro. “Experiências fáceis do usuário são as expectativas que os clientes digitais têm”, disse Valiente.

Fernando Araya, presidente executivo e fundador da Tenpo, afirmou à BNamericas que “os canais de distribuição têm sido muito mais lentos do que a realidade” e destacou que o setor financeiro tem o desafio de ser mais transparente na comunicação de seus produtos e serviços.

“Estamos acostumados a falar em ‘difícil’ acreditando que isto pode favorecer a confiança, mas é exatamente o contrário”, explicou Araya.

MercadoPago e Tenpo, por exemplo, oferecem a possibilidade de cobrança de sinistros diretamente do mesmo aplicativo. “Investimos muito [em tecnologia] para que os usuários possam ter esse diálogo com as seguradoras digitalmente”, acrescentou Cernadas.

O MercadoPago tem mais de 5 milhões de usuários na Argentina, enquanto a Tenpo tem 1,8 milhão de usuários no Chile, o que corresponde a cerca de 12% da população adulta do país. Além disso, 40% dos clientes da Tenpo apresentam baixo nível de bancarização.

COBERTURAS

A Tenpo vê uma oportunidade para o seguro antifurto devido ao crescimento da criminalidade no Chile. Segundo levantamento realizado pela empresa com 1.000 pessoas, 30% já haviam sido vítimas de crimes. No entanto, 75% não haviam tomado nenhuma medida de proteção.

Mesmo 60% dos entrevistados responderam que não se sentem protegidos com a oferta de seguros atual no país. No entanto, Araya sustenta que a empresa pretende “fornecer uma cobertura muito massiva”.

De acordo com uma pesquisa do MercadoPago com seus usuários, 85% dos que responderam nunca fizeram seguro de vida ou acidentes pessoais.

A empresa começou este mês oferecendo seguro de vida ou acidentes pessoais na Argentina, que complementa com serviços de telemedicina e descontos em farmácias. Para esta cobertura, é aliada da seguradora Prudential, da resseguradora SwissRe e da insurtech argentina Klimber.

Segundo Cernadas, a mesma oferta foi lançada com sucesso no Brasil em junho e já tem cobertura em todos os estados do país.

“O interesse é claramente levar esse tipo de produto para o resto dos países. Veremos em que momento poderemos fazê-lo”, acrescentou Cernadas.

O MercadoPago já emitiu cerca de 2 milhões de certificados de seguro na América Latina e cobre todos os tipos de coberturas: vida e acidentes pessoais no Brasil e Argentina, seguro de cartão de crédito e débito no Brasil, além de antifurto e garantias estendidas.


Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: TIC

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

Outras companhias em: TIC (Chile)

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: MITTA
  • Mitta é uma locadora e locadora operacional chilena que começou a operar em abril de 2019. Nasceu da associação da empresa japonesa Mitsui com a chilena Autorentas del Pacífico ...
  • Companhia: Fundación Chile
  • A Fundación Chile é uma empresa privada que se dedica ao desenvolvimento de projetos que promovam a inovação em diversas áreas, incluindo alimentos e biotecnologia, aquicultura,...
  • Companhia: Storbox S.A.  (Storbox)
  • * A informação sobre esta empresa encontra-se arquivada na base de dados BNamericas. Caso necessite de informações atualizadas sobre a empresa e suas operações, solicite-as em n...
  • Companhia: Almendral S.A.  (Almendral)
  • Almendral SA é uma holding chilena fundada em 1981 em Santiago do Chile, controlada pelos grupos empresariais Gianoli, Hurtado Vicuña, Consorcio, Izquierdo Menéndez, Matte e Fer...