geographicArea-GUYANA e México
Feature

Juniores arrecadaram US$ 133 mi em junho para projetos na América Latina

Bnamericas Publicado: segunda-feira, 04 julho, 2022
Juniores arrecadaram US$ 133 mi em junho para projetos na América Latina

Empresas juniores de mineração adiantaram acordos de financiamento no valor de US$ 133 milhões para ativos na América Latina em junho, com a maior parte destinada a projetos na Guiana e no México.

Exploradoras e pequenas produtoras anunciaram, adiantaram ou fecharam pelo menos 27 financiamentos no mês, ante 15 no valor de US$ 111 milhões em maio.

O valor de junho foi inferior aos US$ 235 milhões de abril, distribuídos em 13 negócios, e do pico de US$ 966 milhões em março, com 25 negócios.

Financiamentos no valor de US$ 385 milhões foram adiantados em fevereiro, após a mínima de US$ 60,5 milhões no primeiro mês do ano.

Os financiamentos incluem ofertas de ações e empréstimos, excluídos os negócios de valor inferior a C$ 2 milhões (US$ 1,6 mi).

Os negócios visavam financiar a exploração, a aquisição de ativos e uma ação de arbitragem internacional.

FOCO NA GUIANA E NO MÉXICO

O México foi o principal alvo de 10 dos 27 financiamentos em junho, no valor de US$ 42,7 milhões, com cinco destinados a ativos na Guiana, no valor de US$ 48 milhões.

Os demais negócios foram distribuídos pelo Peru, Colômbia e Chile, com dois cada, e financiamentos únicos destinados a projetos na Argentina, Brasil, Equador e Nicarágua.

Dois negócios foram para locais múltiplos ou indefinidos.

OURO

Mais da metade (17) dos negócios foram destinados a projetos primários de ouro, para US$ 78,9 milhões, seguidos por ativos de prata, com quatro negócios, no valor de US$ 27,8 milhões.

Os demais financiamentos foram para projetos de cobre, lítio, urânio e fosfato.

PRINCIPAIS FINANCIAMENTOS DE JUNHO

1. Reunion Gold: C$ 30 milhões (US$ 23,3 mi), mais C$ 5,9 mi (US$ 4,6 mi)

Alvo: Guiana, ouro

O financiamento do negócio comprado por C$ 20,0 milhões pela Reunion Gold foi expandido para C$ 30 milhões no dia em que foi anunciado, sob um acordo revisado com a Sprott Capital Partners, em nome de um consórcio de subscritores.

A empresa também confirmou que espera que a Dundee Resources opte por comprar unidades nos mesmos termos da oferta, para manter sua participação de 16,5%, por meio de uma colocação simultânea não intermediada de C$ 5,9 milhões.

Os recursos líquidos serão usados para exploração nos projetos da Reunion, que incluem Oko West na Guiana, bem como para fins corporativos e de capital de giro em geral.

2. Odyssey Marine Exploration: US$ 15 milhões

Alvo: México, areias fosfatadas

A Odyssey anunciou em junho que havia levantado US$ 15 milhões em uma oferta direta de ações.

A empresa está atualmente buscando uma ação de arbitragem contra o México, após as autoridades rejeitarem um pedido de licença ambiental para seu projeto de mineração de areias fosfáticas ExO (anteriormente Don Diego), na costa da Baja California Sur.

“Esperamos que esse financiamento leve a Odyssey a uma decisão sobre nossa arbitragem no Nafta e forneça o dinheiro para autofinanciar uma parte do litígio do Nafta”, declarou o CEO Mark Gordon em um comunicado.

3. Guanajuato Silver: US$ 14 milhões

Alvo: México, prata

A Guanajuato Silver anunciou um pacote de financiamento de dívida e capital de US$ 14 milhões, que ajudará a bancar a aquisição de ativos de prata primários mexicanos da Great Panther Mining por US$ 14,7 milhões.

O pacote inclui um empréstimo de US$ 5 milhões da Ocean Partners (Reino Unido) e um financiamento de capital de C$ 11,6 milhões (US$ 9,0 mi), que será usado para a compra dos ativos mexicanos da Great Panther, para financiar operações de mineração em andamento, além de operações corporativas e de capital de giro.

A Research Capital Corporation e a Canaccord Genuity atuarão como joint bookrunners em nome de um consórcio de agentes no financiamento de capital.

4. G2 Goldfields, C$ 14,4 milhões (US$ 11,2 mi)

Alvo: Guiana, ouro

A G2 Goldfields planeja levantar C$ 14,4 milhões em uma colocação privada não intermediada, a qual será usada para avançar a exploração em seu projeto Oko, na Guiana (na foto), além de fins corporativos gerais.

A empresa planeja mobilizar duas plataformas adicionais de perfuração de diamante para a propriedade, elevando o total para cinco, e comprometer recursos adicionais para um programa em andamento de exploração greenfield.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Mineração e Metais

Tenha informações cruciais sobre milhares de Mineração e Metais projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

  • Projeto: Plomosas
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Anzá
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Corumbá
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Las Bambas
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Chuquicamata
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Quellaveco
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Media Luna
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: El Mutún
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: La Plata
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás

Outras companhias em: Mineração e Metais (geographicArea-GUYANA)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Mineração e Metais companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Guyana Industrial Minerals Inc.  (Ginmin)
  • Guyana Industrial Minerals Inc. (Ginmin) é uma subsidiária da mineradora canadense First Bauxite Corporation constituída em 2000 para a exploração e desenvolvimento de depósitos...
  • Companhia: Kilroy Mining Inc.  (Kilroy Mining)
  • A Kilroy Mining Inc., fundada em 2014 na Guiana, é uma empresa local que desenvolve projetos de mineração de ouro. Em 2018, a Kilroy Mining, em uma joint venture com a subsidiár...
  • Companhia: WBD Gold Inc.  (WBD Gold)
  • WBD Gold Inc. é uma empresa de mineração fundada no ano de 2009 na Guiana, que explora e opera seu projeto de ouro de 296 km2 Quartzstone, localizado 120 km a oeste de Georgetown.