México
Feature

Mercado de TIC mostra cautela com investimentos em 2023

Bnamericas Publicado: quinta-feira, 17 novembro, 2022

O investimento latino-americano em TIC não vai parar em 2023, mas também não será um ano de grande crescimento devido ao difícil contexto macroeconômico da região e da economia do resto do mundo, segundo um analista da IDC.

“Não dá para sustentar que há otimismo para 2023”, disse Pilar Cornejo, analista de software empresarial da empresa de pesquisa de mercado, em conversa com a BNamericas.

“Eu encontrei muitos clientes esta semana dizendo que precisam ser cautelosos com os investimentos”, disse o vice-presidente sênior e gerente geral da Red Hat para a América Latina, Paulo Bonucci, à BNamericas.

“Hoje, as pessoas não estão tão otimistas”, disse à BNamericas, em outubro, o diretor de mercado da colombiana Internexa, uma operadora e atacado de telecomunicações. Jairo Guzmán anunciou que as eleições gerais em vários países, somadas à alta inflação e ao difícil contexto macroeconômico geral, estavam afetando os investimentos em TIC.

“Vamos continuar crescendo, mas não da forma acelerada como temos feito”, disse Bonucci sobre as expectativas comerciais da Red Hat.

A Dell está mais otimista com o contexto regional, mesmo em países como a Argentina, onde a inflação disparou para mais de 80%. Em outubro, a empresa de tecnologia mencionou que a demanda havia se mantido apesar das dificuldades econômicas.

Os orçamentos de TI das empresas permanecerão em níveis semelhantes aos de 2022, especialmente aqueles relacionados à digitalização e à criação de casos de uso que suportem as experiências do cliente, disse Cornejo.

O analista também destacou alguns segmentos com projeções bastante favoráveis, como front-end e aplicativos de nuvem híbrida, já que esses investimentos geradores de receita têm como objetivo final atrair e fidelizar clientes.

Bonucci destacou que tudo o que tem a ver com eficiência operacional é do interesse das empresas em contextos econômicos adversos.

Em outubro, a CEPAL projetava um crescimento de 3,2% para o PIB da região em 2022, embora para o próximo ano o órgão da ONU preveja uma desaceleração para 1,4%.

A tecnologia tornou-se um fator crítico para as economias latino-americanas, enquanto o mercado de TIC provavelmente crescerá entre este ano e o próximo, superando o crescimento do PIB, de acordo com Cornejo.


Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: TIC

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

Outras companhias em: TIC (México)

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: HCL Technologies Mexico S. de R.L.  (HCL Mexico)
  • A descrição incluída neste perfil foi extraída diretamente de uma fonte oficial e não foi modificada ou editada pelos pesquisadores da BNamericas. No entanto, pode ter sido trad...
  • Companhia: Radiomovil Dipsa S.A. de C.V.  (Telcel)
  • A Radiomovil Dipsa SA de CV (Telcel) é uma operadora móvel mexicana que oferece serviços de voz em uma variedade de planos de tarifas, pré-pagos ou pós-pagos. Além disso, a empr...
  • Companhia: AVEVA & Schneider Electric Software
  • AVEVA & Schneider Electric é uma parceria estratégica para a criação de soluções de transformação digital. O software industrial da AVEVA em conjunto com a solução EcoStruxture ...
  • Companhia: Axtel S.A.B. de C.V.  (Axtel)
  • Axtel é uma empresa mexicana sediada em Monterrey que fornece serviços de TI e telecomunicações em todo o país, incluindo telefonia, Internet de banda larga, dados e conectivida...