Chile
Notícias

A visão de mineração do Chile para 2022-23

Bnamericas Publicado: sexta-feira, 27 maio, 2022
A visão de mineração do Chile para 2022-23

O atual portfólio de mineração do Chile, com 51 projetos, envolve US$ 68 bilhões em investimentos planejados. Um terço dos investimentos corresponde às estatais Codelco e Enami, com o restante ao setor privado, de acordo com a última apresentação anual do programa do ministério de mineração.

“A mineração é essencial para o desenvolvimento do nosso país. Cerca de 12% do produto interno bruto, 60% das exportações e 20% da receita tributária vêm dessa indústria”, afirmou a ministra de Minas Marcela Hernando.

A produção de cobre do Chile no ano passado foi estimada em 5,625 Mt (milhões de toneladas) – queda de 1,9% em relação a 2020. Para este ano, a produção deve chegar a 5,771 Mt – crescimento de 2,6%. O país é o maior produtor mundial de cobre.

O uso do hidrogênio verde na mineração, atualmente envolvendo projetos-piloto de máquinas autônomas, é outro aspecto do programa. Foi mapeado um potencial de mais de 1.800 GW para a geração de eletricidade renovável no país, 70 vezes mais que a capacidade atual, segundo a associação local de hidrogênio. Em 2030, o mercado de hidrogênio verde poderá representar mais de US$ 30 bilhões anuais para o Chile, declarou o Ministério em comunicado.

As concessões de mineração são outra questão importante. Atualmente o regime opera sob um pagamento anual pelo direito de explorar e/ou explorar minerais. Essas taxas são baixas em comparação com outros países fortes em mineração e algumas concessões são indefinidas, de acordo com o Ministério, que também considera que o modelo não incentiva a exploração de recursos minerais.

Há também uma concentração de concessões, pois 50% das áreas sob concessão para exploração pertencem a 15 empresas, disse o Ministério.

Planos do Ministério de Mineração para 2022 e 2023

A criação de uma empresa estatal de lítio é um dos principais objetivos.

“Estamos trabalhando para a criação a curto prazo de uma unidade especializada em lítio e fiscalização de salinas, para avançar nas políticas públicas sobre o assunto. Já temos o grupo de trabalho interministerial de lítio, liderado pelo Ministério de Mineração, com o objetivo de sistematizar informações […] entre os diferentes órgãos do Estado, com vistas à criação da empresa nacional de lítio”, disse Hernando.

O grupo de trabalho também envolverá os ministérios da Economia, Energia, Finanças, Meio Ambiente, Desenvolvimento Social e Ciência e Tecnologia. A agência de desenvolvimento Corfo, o escritório de mineração e geologia Sernageomin, a autoridade de água do país, a comissão de energia nuclear do Chile e a comissão de cobre Cochilco também participarão.

Para o desenvolvimento da indústria do lítio, o Ministério está aberto à possibilidade de iniciativas conjuntas entre Argentina, Bolívia e Chile, voltadas principalmente para a cooperação científica e técnica.

A modernização da Enami, que processa os minerais de mineradoras de médio e pequeno porte e fortalece a capacidade de fundição de cobre do Chile, é outra meta para 2022 e 2023, segundo o Ministério de Mineração.

O plano inclui a modernização da fundição Paipote, da Enami, na região do Atacama, norte do Chile.

Também serão tomadas medidas para enfrentar as mudanças climáticas globais e a escassez de água no país, promovendo maior uso de água do mar dessalinizada e energias limpas na mineração. Esta abordagem também inclui investir em ciência, inovação e pesquisa, buscando minimizar o impacto dos rejeitos de mineração, entre outras coisas.

O Ministério está seguindo a política nacional de mineração 2050, que estabelece metas para a indústria e para o Estado no curto (2025), médio (2030) e longo prazos (2050).

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Mineração e Metais (Chile)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Mineração e Metais projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

  • Projeto: Cachinal
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 meses atrás
  • Projeto: Llahuín
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 meses atrás

Outras companhias em: Mineração e Metais (Chile)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Mineração e Metais companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Mantos Copper S.A.  (Mantos Copper)
  • A descrição contida neste perfil foi retirada diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores do BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...
  • Companhia: R&Q Ingeniería S.A.  (R&Q Ingeniería)
  • R&Q Ingeniería SA é uma consultoria de engenharia que oferece estudos e projetos ao longo do ciclo de vida, fiscalizações e fiscalizações, auditorias, administração e gestão de ...
  • Companhia: Fenix Gold Limitada  (Fenix Gold)
  • A Fenix Gold, subsidiária da mineradora canadense Rio2, é proprietária do projeto Fenix Gold, um projeto de óxido de ouro de fácil lixiviação localizado na região chilena de Ata...