Brasil e Argentina
Notícias

Carteira de criptomoedas Lemon entra no Brasil e busca expansão na América Latina

Bnamericas Publicado: quarta-feira, 03 agosto, 2022

A carteira de criptomoedas argentina Lemon iniciou suas operações no Brasil em modo beta e pretende realizar sua expansão no país de mãos dadas com a plataforma de pagamento móvel Pix.

Nos próximos dias, o aplicativo estará disponível para download pelos brasileiros.

O Pix é uma ferramenta muito popular no Brasil, e a aliança com a Lemon permitirá que os consumidores façam pagamentos em comércios com criptomoedas.

“Nosso objetivo é levá-lo para toda a região, expandir em toda a América Latina”, disse à BNamericas o CEO e cofundador da Lemon, Marcelo Cavazzoli. Embora ainda não tenha um plano com datas definidas, a empresa está trabalhando para que, nos próximos meses, haja uma versão regional da Lemon acessível em qualquer país da América Latina.

A Lemon tem cerca de 1,3 milhão de usuários na Argentina. Lá, oferece um cartão Visa para fazer compras na economia real. Além disso, a cada compra realizada com o cartão, a empresa premia com bitcoin.

Na Argentina, a companhia teve um crescimento exponencial, e hoje conta com 928 mil usuários ativos, superando outros aplicativos como Binance e Bitso.

APOSTA NOS NFTs

Esta semana, a Lemon lançou seus tokens não fungíveis (NFTs) como forma de premiar os usuários e promover o uso dessas ferramentas.

NFTs são ativos de rede blockchain colecionáveis que podem ser comprados e vendidos. Por enquanto, são usados principalmente no mundo da arte, embora possam ser usados para outras aplicações no futuro.

Atualmente, cerca de 0,01% da população mundial tem algum tipo de participação na Web 3.0 (criptomoedas, metaverso e NFT). A Lemon busca aumentar esse número.

A empresa lançou esta semana o NFT na Argentina e, entre o final de agosto e o início de setembro, fará o lançamento no Brasil. “Possivelmente no Brasil terá muito mais receptividade, porque o Brasil tem a maior adoção de NFTs e interesse na América Latina”, apontou Cavazzoli.

O projeto Lemon Nation tem várias fases: a primeira é entregar um NFT aleatório para cada um de seus usuários. Os NFTs estarão na rede Polygon, permitindo que eles interajam com qualquer aplicativo da web e metaverso. Com 1,3 milhão de usuários, a coleção de NFTs da Lemon é uma das maiores do mundo.

Além disso, a empresa distribuirá colecionáveis como recompensa pela interação no ecossistema Lemon.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: TIC

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

Outras companhias em: TIC (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Hispamar Satélites S.A.  (Hispamar Satélites)
  • Hispamar Satélites (Hispamar) está localizada no Rio de Janeiro, Brasil, e é uma subsidiária do Hispasat Group, uma operadora espanhola de telecomunicações por satélite. A Hispa...
  • Companhia: Oi S.A.  (Oi)
  • A Oi é uma telco quad-play brasileira fundada em 1998. Seu portfólio de serviços inclui telefonia fixa e móvel, banda larga, TV por assinatura, Internet e outros para clientes r...
  • Companhia: Brisanet Telecomunicações S.A.  (Brisanet)
  • La descripción contenida en este perfil fue extraída directamente desde una fuente oficial y no ha sido editada ni modificada por el equipo de contenido de BNamericas, pero pued...