Argentina
Notícias

De olho nos hidrocarbonetos da Argentina

Bnamericas Publicado: quarta-feira, 21 setembro, 2022
De olho nos hidrocarbonetos da Argentina

A Argentina prorrogou por um ano a licença de exploração de hidrocarbonetos offshore na bacia de Malvinas Oeste.

A licença corresponde ao bloco MLO-118, detido por ExxonMobil Exploration and Production e Qatar Petroleum Oil and Gas.

A Argentina realizou sua primeira rodada de licenciamento offshore em mais de 20 anos em 2019. Dezoito blocos foram concedidos a 13 empresas.

Autoridades locais indicaram anteriormente que o trabalho de exploração associado pode começar – nas áreas da bacia da Argentina Norte CAN-100, CAN-108 e CAN-114 – por volta da virada do ano. Em 2021, o governo autorizou a unidade local da Shell a se juntar à estatal de petróleo e gás YPF e Equinor para explorar a área CAN-100. A YPF e a Equinor são parceiras no CAN-114, enquanto a Equinor tem 100% de participação no CAN-108.

No início deste ano, o governo estendeu as licenças para outros blocos offshore.

Em notícias sobre offshore relacionadas, a TotalEnergies aprovou recentemente a decisão final de investimento para o projeto de gás Fénix, na província de Terra do Fogo.

Por meio de sua afiliada Total Austral, a TotalEnergies opera o projeto com 37,5% de participação, em parceria com Wintershall Dea (37,5%) e Pan American Sur (25%). O investimento estimado é de US$ 706 milhões e no lançamento da produção, previsto para o início de 2025, a produção está prevista para chegar a 10 milhões de metros cúbicos por dia.

LEIA TAMBÉM: Consórcio se aproxima de decisão envolvendo investimento em gás offshore de US$ 700 mi na Argentina

***

Um comitê de avaliação da estatal Energía Argentina recomendou a concessão de contratos de fornecimento de válvulas para a Válvulas Worcester de Argentina.

O comitê recomendou conceder à empresa contratos para oito lotes, que envolvem 30 válvulas, totalizando US$ 2,04 milhões.

As autoridades tinham 27 lotes em oferta, segundo documentos da Energía Argentina. As datas de entrega planejadas para as 140 válvulas de 20, 24, 30 e 36 polegadas variaram do final de fevereiro a meados de maio de 2023.

A contratação por concorrência direta é um dos vários processos de aprovisionamento da primeira fase do megaprojeto do gasoduto de Vaca Muerta, o qual o governo pretende que esteja em funcionamento até meados do próximo ano.

Válvulas Worcester de Argentina e Valvtronic apelaram de uma decisão anterior de desfazer o processo de aquisição de válvulas depois que todas as propostas foram consideradas inadmissíveis. A comissão recomendou dar provimento ao recurso do primeiro e conceder os oito lotes, rejeitando o da Valvtronic.

Um processo de licitação pública padrão para válvulas foi declarado nulo, impactando um cronograma de construção já apertado, conforme informou o meio de comunicação local EconoJournal.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Óleo e Gás (Argentina)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

  • Projeto: Bloco MLO_118
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 4 meses atrás

Outras companhias em: Óleo e Gás (Argentina)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Maref Group
  • O grupo Maref é uma empresa argentina que se dedica ao projeto, desenvolvimento, fabricação e comercialização de aditivos para fluidos P&W, produtos para perfuração de minas e H...