México
Notícias

Sueca Arelion construirá novas estruturas de rede no México

Bnamericas Publicado: sexta-feira, 10 junho, 2022
Sueca Arelion construirá novas estruturas de rede no México

A provedora de conectividade Arelion – anteriormente Telia Carrier, com sede em Estocolmo – está expandindo sua infraestrutura de rede no México e planeja abrir dois novos pontos de presença (PoPs) no país, afirmou Art Kazmierczak, diretor de negócios e desenvolvimento de rede, à BNamericas.

Os PoPs são infraestruturas de interconexão críticas, uma interface e um ponto de acesso de um lugar para o resto da rede.

Os novos PoPs serão abertos em breve em Guadalajara, disse Kazmierczak, sem divulgar os números de investimento. A empresa possui e opera sete deles no México.

A Arelion tem dois em Monterrey, atendendo a Neutral Networks e o datacenter MO1, da Equinix. Também opera dois em Querétaro, que atendem aos sites QRO MX1 e KIO Networks, da Equinix. Outros dois estão na Cidade do México, atendendo aos datacenters MEX2 e MEX5 da KIO.

O último PoP foi aberto em Mérida neste trimestre e atende a AiTelecom. Um segundo será inaugurado na cidade em breve.

“No passado, Mérida era geralmente atendida por capacidade de longa distância para se conectar a fontes de conteúdo em Miami usando cabos submarinos, mas esta é uma capacidade muito cara. Ou com backhaul por rotas terrestres até, digamos, Dallas”, explicou Kazmierczak, acrescentando que rotas longas e desvios de rede tendem a rebaixar as experiências do cliente.

“Constatamos a Península de Yucatán [onde Mérida está localizada] um pouco tradicionalmente mal atendida, então o investimento se encaixa bem com nosso foco de tentar trazer conectividade e escala para alguns dos mercados de ponta mal atendidos em uma base global.”

Todos os pares de PoPs são interligados por meio de uma fibra metropolitana e à rede backbone da empresa.

De propriedade da Polhem Infra, uma empresa de investimentos sueca apoiada por grandes fundos de pensão na Suécia, a Aurelion afirma possuir o maior backbone de internet do mundo.

Apelidado de AS1299, começou a ser construído em 1993 e atualmente se estende por 70 mil quilômetros por Europa, América do Norte e Ásia.

Esta rede se conecta diretamente a mais de 2,3 mil clientes atacadistas em mais de 125 países, segundo a empresa. A Arelion também conta com 450 parceiros de acesso local, sendo 180 deles localizados na América Latina.

“Alguns de nossos concorrentes podem ter propriedade de cabo, mas eles oferecem apenas soluções em seu cabo de sinal”, disse Kazmierczak.

A Arelion trabalha desde 2018 na construção de sua presença no México, segundo o executivo.

O hotspot de datacenter de Querétaro foi um ponto focal importante, onde se concentrou na construção de uma rede central para atender ao ecossistema local de provedores de nuvem, mídia e aplicativos.

Também dobrou a conectividade transfronteiriça. Em abril, a Arelion ativou uma nova expansão de seu projeto de rede US East-to-West, uma conectividade de longa distância que vai de Dallas e El Paso até a costa oeste, passando por Phoenix, San Diego e Los Angeles.

A expansão também proporcionou novas rotas para atender as empresas mexicanas.

A maioria das oportunidades que a Arelion identifica na América Latina envolve provedores de serviços de internet, operadoras de cabo, nuvem e empresas de jogos.

Kazmierczak afirmou que a empresa está estudando uma expansão de médio prazo de sua própria rede proprietária para outros países da região. Onde não tem sua própria rede proprietária, a Arelion faz parceria com empresas que estabeleceram rotas, dando-lhes acesso ao seu backbone global.

“Não temos muitas operações locais na América Latina. Em países como Colômbia, Panamá ou Honduras, onde a Arelion não possui rede ou fibra própria, a empresa trabalha com um provedor local para nos ajudar a levar a rede IP para mais perto do usuário final”, afirmou à BNamericas Edison de Leon, diretor regional da Arelion para a América Latina e Caribe.

Um desses acordos recentes foi com a Gold Data, provedora de rede na América Latina. Lançada em março, a parceria expandiu o alcance de ambas as empresas na região para incluir clientes no México, Guatemala, Panamá, República Dominicana e Costa Rica.

A rede da Gold Data facilitará o alcance da Arelion, fornecendo serviços incluindo Wavelengths (DWDM), Ethernet, Cloud Connect e IP Transit, por meio do AS1299. Também dá à Arelion acesso a mais datacenters na região. Além disso, o backbone da Gold Data conecta mais de 16 cabos submarinos entre a América Latina e os EUA.

“Existem alguns cabos novos [na América Latina], muitas pessoas que possuem partes de cabos, muitas rotas diferentes que podemos aproveitar”, concluiu Kazmierczak.

Fonte da imagem: Arelion

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Infraestrutura (México)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Infraestrutura projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

Outras companhias em: Infraestrutura (México)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Infraestrutura companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: FLSmidth México
  • FLSmidth SA de CV (FLSmidth México), a subsidiária mexicana da fornecedora de equipamentos dinamarquesa FLSmidth & Co. A / S, fornece às indústrias de minerais e cimento engenha...
  • Companhia: Ferrocarril Mexicano S.A. de C.V.  (Ferromex)
  • A Ferrocarril Mexicano (Ferromex) opera mais de 7.000 km de ferrovias, o que representa a maior cobertura dentro do sistema ferroviário nacional. A ferrovia conecta as principai...