México
Press Release

Trem Maia avança na estação Edzná, em Campeche, e obras continuam no cais Beacon em Puerto Progreso, Yucatán

Bnamericas Publicado: segunda-feira, 24 outubro, 2022

Comunicado do Fundo Nacional de Promoção do Turismo (Fonatur)

O conteúdo deste comunicado foi traduzido usando um software de tradução automática.  

  • Quatro pilares darão ao cais eficiência para reter e descarregar até 40 mil toneladas de lastro

O Trem Maia avança na fundação de estruturas na estação de Edzná, Campeche, e no Cais Beacon, em Puerto Progreso, Yucatán, bem como na montagem da segunda via em Tixkokob e nas obras complementares que darão funcionalidade ao trem, como passagens, travessias de fauna, travessias gerais, drenagem transversal e viadutos.

Na estação de Edzná, localizada no trecho 2 da obra, que vai de Escárcega a Calkiní, em Campeche, estão em andamento as obras de fundação, compactação do solo, reforço de hastes e estrutura de sapatas.

Juntamente com a montagem da estação, já existe uma base de montagem para alojamento e distribuição de carris, o que intensificará o assentamento da via, enquanto nos restantes pontos deste mesmo trecho continua a formação do aterro.

Da mesma forma, no cais Beacon de Puerto Progreso, Yucatán, no trecho 4, – de Izamal, Yucatán, a Cancún, Quintana Roo –, as obras de cimentação dos pilares continuam, o que dará maior eficiência à chegada do lastro à península.

Os pilares são estruturas para atracação de barcos e com quatro deles no total, o cais terá capacidade para reter e descarregar até 40 mil toneladas de lastro.

No trecho 1, que vai de Palenque, Chiapas, a Escárcega, Campeche, prossegue a construção de passagens subterrâneas ferroviárias para a passagem de pessoas, veículos e máquinas agrícolas. Com essas obras, a conectividade e as atividades das cidades por onde o trem passará serão mantidas.

Em Balancán, Tabasco, correspondente a este trecho, iniciou-se o trabalho de travessia de fauna tipo ponte, além das já construídas em Palenque e Tenosique. A localização estratégica foi determinada com técnicas de amostragem, como armadilhas fotográficas.

Da mesma forma, no trecho 3, que vai de Calkiní, Campeche, a Izamal, Yucatán, próximo à comunidade de Tixkokob, também em Yucatán, está avançando a montagem da segunda via com a instalação de fixações nos dormentes, que são colocados em o lastro.

Adicionalmente, ao longo deste trecho, prossegue a construção de 71 passagens gerais, 40 obras de drenagem transversal, 11 passagens de fauna e três viadutos. O Trem Maia avança.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Infraestrutura (México)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Infraestrutura projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

  • Projeto: Corredor T-MEC
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás

Outras companhias em: Infraestrutura (México)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Infraestrutura companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Transportes Pitic, S.A. de C.V.  (Pitic)
  • A descrição contida neste perfil foi retirada diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores do BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...
  • Companhia: CFI de México S.A. de C.V.  (CFI México)
  • A descrição contida neste perfil foi retirada diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores do BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...
  • Companhia: Jeca Railway Corporación, S.A. de C.V.
  • A descrição contida neste perfil foi retirada diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores do BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...