México
Notícias

Aumento do capex de O&G no México desacelera, mas deve crescer em 2025

Bnamericas Publicado: terça-feira, 05 abril, 2022
Aumento do capex de O&G no México desacelera, mas deve crescer em 2025

Os investimentos já feitos em planos aprovados para todas as atividades de exploração, avaliação e desenvolvimento de produção de petróleo e gás existentes sob contratos no México mostraram apenas um leve aumento nos últimos 10 meses, de acordo com dados do órgão regulador de hidrocarbonetos do país (CNH).

A soma de todos os investimentos listados no Sistema Nacional de Informações sobre Hidrocarbonetos (SIH), incluindo capex da petrolífera estatal Pemex e de empresas do setor privado, totalizou US$ 42,9 bilhões em fevereiro.

Esse valor é apenas 2,5% a mais do que a soma do investimento na plataforma em maio de 2021, e a maior parte do investimento previsto não será liberada até 2025, de acordo com a Oil and Gas Magazine.

O investimento planejado sob os atuais contratos aprovados pela CNH deve gerar US$ 15,8 bilhões adicionais em 2025.

Analisando o capex mexicano de petróleo e gás nos últimos anos, a CNH aprovou planos de investir US$ 4,94 bilhões em 2020, principalmente concentrados em migrações da Pemex e projetos da Rodada 1.2 realizados durante a administração anterior.

A administração atual, que assumiu o poder em dezembro de 2018, anunciou a suspensão de todas as novas rodadas para permitir que a Pemex retomasse sua posição prioritária na plataforma nacional de petróleo e gás.

A CNH aprovou planos com investimentos de US$ 4,43 bilhões em 2021, a maioria focada em contratos realizados nas rodadas 1.2 e 1.3.

As aprovações de planos de investimento tiveram um salto modesto durante os dois primeiros meses de 2022, e o SIH mostrou que os planos aprovados em janeiro e fevereiro envolveram investimentos projetados de US$ 2,71 bilhões.

Os dados indicaram que os campos com o maior nível de novos investimentos aprovados no bimestre foram Pokoch e Ichalkil, que agora têm investimentos totais de US$ 8,16 bilhões aprovados, seguidos pela Eni nos campos de Amoca, Miztón e Teocalli, com investimentos de US$ 7,86 bilhões, e o campo Ek-Balam, da Pemex, com US$ 7,65 bilhões destinados ao desenvolvimento.

Pokoch e Ichalkil tiveram mais US$ 474 milhões aprovados até agora em 2022, seguidos por Amoca, Tecoalli e Mizton, com US$ 432 milhões adicionais.

Para continuar lendo, inscreva-se na BNamericas para obter todas as informações deste artigo e acesso a notícias e relatórios relacionados.

Assine BNamericas e tenha acesso a milhares de perfis de projetos, contatos-chave e notícias.

Outros projetos em: Óleo e Gás (México)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

  • Projeto: Bloco Soledad
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 4 meses atrás

Outras companhias em: Óleo e Gás (México)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Instituto Mexicano del Petróleo  (IMP)
  • O Instituto Mexicano do Petróleo (IMP) é um centro público dedicado à pesquisa científica básica e aplicada, com o objetivo de desenvolver tecnologias aplicáveis à indústria do ...
  • Companhia: Mexinol
  • A descrição contida neste perfil foi extraída diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores da BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...