Brasil
Análise

Destaque: a próxima onda de FPSOs da Petrobras

Bnamericas Publicado: quinta-feira, 03 novembro, 2022
Destaque: a próxima onda de FPSOs da Petrobras

O plano de negócios da Petrobras para o período de 2023 a 2027 deve envolver novos FPSOs para os campos Sépia e Atapu, disseram duas fontes familiarizadas com o assunto à BNamericas.

Ambos os ativos estão localizados na região do pré-sal da bacia de Santos e atualmente produzem pelas plataformas Carioca (Sépia) e P-70 (Atapu).

Os dois novos FPSOs provavelmente serão contratados no modelo de engenharia, suprimento e construção (EPC).

A Petrobras adquiriu Sépia e Atapu por meio de um processo de transferência de direitos em 2010.

Em 2021, a empresa brasileira comprou os volumes excedentes nos ativos em parceria com TotalEnergies, QatarEnergy e Petronas, no caso de Sépia, e com Shell e TotalEnergies, no caso de Atapu.

Na última segunda-feira (31), o consórcio Sépia anunciou uma descoberta de petróleo no extremo noroeste do projeto, em lâmina d’água de quase 2.200 m.

De acordo com os dados mais recentes da ANP, Sépia e Atapu produziram, respectivamente, cerca de 173.000 boe/d e 160.000 boe/d em setembro.

Além dessas duas unidades de produção, o próximo plano de negócios da estatal incluirá diversas plataformas já contratadas ou em licitação.

Na lista estão os FPSOs Sepetiba, Marechal Duque de Caxias e Alexandre de Gusmão para o campo de Mero, que foram afretados com SBM Offshore, Misc e SBM Offshore, respectivamente.

Também no grupo de unidades fretadas estão as plataformas Anita Garibaldi (Modec) e Anna Nery (Yinson) para o projeto de revitalização de Marlim/Voador, Almirante Barroso (Modec/Búzios) e Almirante Tamandaré (SBM/Búzios), e Maria Quitéria (Yinson /Parque das Baleias), além da revitalização de Albacora e dos dois FPSOs de Sergipe Águas Profundas (P-81 e uma unidade ainda sem nome), cujos processos de contratação estão em andamento.

Em termos de FPSOs da Petrobras, o plano da empresa para 2023-2027 envolverá as unidades flutuantes de produção de Búzios P-78 e P-80 (Keppel Shipyard), P-79 (Saipem/DSME) e P-82 (Sembcorp Marine).

A P-71 (da Petrobras) já chegou ao campo de Itapu, e pode ter seu primeiro óleo em dezembro deste ano, segundo a Petrobras.

Enquanto isso, a gigante federal do petróleo estuda a possibilidade de contratar uma 12ª unidade para Búzios e uma terceira plataforma para a revitalização de Marlim, além de FPSOs para a revitalização de Tupi e Barracuda/Caratinga, revelaram fontes locais à BNamericas.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Óleo e Gás (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

Outras companhias em: Óleo e Gás (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: PetroRecôncavo S.A.  (PetroRecôncavo)
  • A PetroRecôncavo SA é uma operadora independente brasileira de campos de exploração e produção de petróleo e gás onshore no Estado da Bahia, que foi estabelecida em 1999 na Mata...
  • Companhia: Shell Brasil Petroleo Ltda.  (Shell Brasil)
  • Shell Brasil Petróleo Ltda. (Shell Brasil), subsidiária brasileira da Royal Dutch Shell plc com sede no Rio de Janeiro, atua na exploração e produção de petróleo e gás natural, ...
  • Companhia: Energy Paranã Ltda.  (Energy Paranã)
  • A descrição contida neste perfil foi extraída diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores da BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...
  • Companhia: Companhia de Gás do Espírito Santo  (ES Gás)
  • A descrição contida neste perfil foi extraída diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores da BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...
  • Companhia: i.Systems S.A.  (i.Systems)
  • A descrição contida neste perfil foi extraída diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores da BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...