Brasil
Notícias

China fortalece pegada de E&P no Brasil

Bnamericas Publicado: segunda-feira, 28 novembro, 2022
China fortalece pegada de E&P no Brasil

A China está fortalecendo sua posição na indústria brasileira de exploração e produção de petróleo e gás.

Na semana passada, a estatal chinesa CNOOC Petroleum Brasil pagou à Petrobras R$ 10,3 bilhões (US$ 1,9 bilhão) por uma participação adicional de 5% em Búzios, aumentando sua participação no contrato de volumes excedentes do campo para 10%.

Localizado no pré-sal da bacia de Santos e operado pela petroleira federal, Búzios é o segundo maior campo do país, com produção de 725.617 boe/d registrada em outubro – atrás apenas de Tupi, onde a produção no período foi de 1.107 MMboe/d (milhões de barris de óleo equivalente por dia).

Mas, ao contrário de Tupi, Búzios tem uma curva de produção ascendente, já que várias novas FPSOs estão programadas para entrar em operação no campo até 2026 e além.

Entre elas estão Almirante Barroso, Almirante Tamandaré, P-78, P-79, P-80 e P-82, com capacidade variando entre 150 mil b/d e 225 mil b/d de óleo e 6 MMm³/d e 12 MMm³/d de gás natural.

O atual plano de negócios da Petrobras projeta que a produção de Búzios atingirá mais de 1,7 MMboe/d em 2026 ou um terço da produção total da empresa. O capex para o projeto entre agora e então é de US$ 23 bilhões.

A China também está presente em Búzios por meio da CNODC Brasil Petróleo e Gás, que detém 5% de participação no contrato de volumes excedentes do projeto.

No caso das jazidas compartilhadas de Búzios, que incluem o contrato de cessão onerosa e a concessão BS-500, as participações das empresas chinesas são de 3,67% (CNODC) e 7,34% (CNOOC).

As duas empresas têm participação de 5% em outro destaque local de E&P: o campo de Mero, no bloco gigante de Libra, também operado pela Petrobras.

Hoje, Mero produz aproximadamente 260 mil boe/d por meio da FPSO Guanabara, que iniciou suas operações em abril.

Nos próximos quatro anos, outras três plataformas flutuantes estão programadas para começar a produzir no pré-sal: Sepetiba, Marechal Duque de Caxias e Alexandre de Gusmão, cada uma com capacidade de produzir 180 mil b/d de óleo e 12 MMm³/d de gás natural.

Segundo dados da ANP, a CNOOC e a CNODC produzem atualmente cerca de 130 mil boe/d cada uma, no Brasil.

Outras possíveis frentes de crescimento da produção dos grupos chineses são os blocos exploratórios em seu portfólio nas bacias do Espírito Santo (ES-M-592) e de Santos (Peroba, Alto de Cabo Frio Oeste, Pau Brasil e Aram).

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Óleo e Gás (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

  • Projeto: Bloco REC-T-35
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Bloco REC-T-36
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Bloco REC-T-26
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás

Outras companhias em: Óleo e Gás (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Imetame Energia Ltda.  (Imetame Energia)
  • A Imetame Energia SA é uma empresa brasileira de exploração e produção de petróleo e gás em terra que faz parte do Grupo Imetame. A empresa opera ativos nas bacias de Potiguar, ...
  • Companhia: BP Energy do Brasil Ltda.  (BP Energy do Brasil)
  • BP Energy do Brasil Ltda., É uma das subsidiárias locais da petrolífera britânica BP, que se dedica à exploração e produção de petróleo bruto e gás natural. A BP Energy é operad...
  • Companhia: Great Energy S.A.  (Great Energy)
  • A Great Energy SA é uma empresa brasileira fundada em 2016 no Rio de Janeiro como uma subsidiária de operações imobiliárias da empresa integrada de energia Great Holdings. Em 20...
  • Companhia: Nova Transportadora do Sudeste (NTS)  (NTS)
  • A descrição incluída neste perfil foi extraída diretamente de uma fonte oficial e não foi modificada ou editada pelos pesquisadores da BNamericas. No entanto, pode ter sido trad...
  • Companhia: CE Engenharia Ltda  (CE Engenharia)
  • A descrição contida neste perfil foi extraída diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores da BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...