Chile
Notícias

Europa e Chile negociam pacote de apoio de € 217 mi à infraestrutura de hidrogênio verde

Bnamericas Publicado: quinta-feira, 13 outubro, 2022
Europa e Chile negociam pacote de apoio de € 217 mi à infraestrutura de hidrogênio verde

A Europa pode fornecer ao governo chileno uma injeção de € 217 milhões (US$ 210 mi) para ajudar o país a avançar em seu incipiente setor de hidrogênio verde, apurou a BNamericas.

O pacote soberano proposto visa infraestrutura e, potencialmente, áreas associadas, como certificação de hidrogênio e treinamento de habilidades locais – medidas destinadas a aumentar o envolvimento do setor privado e ajudar a garantir que os benefícios sejam sentidos em toda a sociedade.

A cooperação está voltada principalmente para descarbonizar a matriz energética do Chile e também para alavancar futuras oportunidades de exportação.

As autoridades estão conversando com o Chile sobre o pacote, que inclui financiamento de € 100 milhões do Banco Europeu de Investimento (BEI), juntamente com € 100 milhões do banco de desenvolvimento alemão KfW, além de uma doação de € 17 milhões da Comissão Europeia.

“Podem ser dutos, podem ser linhas de transmissão, pode ser infraestrutura portuária, pode ser dessalinização onde for necessário ou os dutos de água… mas também podem ser investimentos mais suaves, em termos de apoio à capacitação e treinamento da população local para poderem participar”, afirmou María Shaw-Barragán (na foto), diretora do BEI para empréstimos para América Latina, África e Ásia.

“Nosso financiamento também pode ser usado para garantir que haja um sistema de certificação que seja claro sobre o que é hidrogênio verde. Tem que ser compatível com a região e, idealmente, com a União Europeia, se você está pensando em exportar para a União Europeia.”

O então ministro da Energia, Claudio Huepe, disse em junho que os planos do governo podem incluir a construção, por meio da estatal de petróleo Enap, de infraestrutura midstream que poderia ser usada por vários projetos.

O BEI oferece financiamento aos setores público e privado. Em termos de financiamento do setor privado na região – onde Chile, Colômbia e Brasil são considerados os pioneiros do hidrogênio verde – o banco está conversando com produtores e potenciais compradores. O BEI assinou recentemente um empréstimo de US$ 300 milhões com a Enel Chile para projetos eólicos e solares, fornecendo capacidade adicional de energia renovável que pode ser usada para alimentar eletrolisadores.

O Chile é visto como o país mais avançado na estrada do hidrogênio verde na América Latina. O país já tem uma estratégia de hidrogênio verde, publicada em 2020, e as autoridades estão agora trabalhando em um plano de acompanhamento. Uma planta-piloto de produção está em construção, unidades de teste em pequena escala estão operacionais e os desenvolvedores estão avançando em um portfólio de projetos em fase inicial, alguns dos quais receberam subsídios da agência de desenvolvimento Corfo, visando ajudar a expandir o investimento privado. Os subsídios visam aquisições de eletrolisadores.

As metas da estratégia do Chile incluem ter 5 GW de capacidade de eletrólise em desenvolvimento até 2025, bem como produzir o hidrogênio verde mais econômico até 2030. O Chile já está coordenando ações com operadores portuários europeus.

O envolvimento e o alcance da comunidade – bem como o licenciamento completo, mas simplificada – são vistos como vitais para facilitar o progresso dos projetos.

O Chile se comprometeu a atingir zero emissões líquidas de carbono até 2050 e a adoção do hidrogênio verde, em áreas como transporte pesado, é vista como uma ferramenta vital.

Shaw-Barragán conversou com a BNamericas durante a H2LAC 2022, evento do setor realizado recentemente na Colômbia, organizado pela empresa norte-americana New Energy Events e pelo BID.

Na segunda-feira (17), a BNamericas publicará a entrevista completa com Shaw-Barragán e Alexandre Staff Varela, diretor do escritório de representação do BEI na América Latina. Ambos participaram do evento.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Energia Elétrica (Chile)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Energia Elétrica projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

Outras companhias em: Energia Elétrica (Chile)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Energia Elétrica companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Andes Mainstream SpA  (Andes Mainstream)
  • Andes Mainstream S.p.A. é uma empresa de energia renovável com sede no Chile e uma subsidiária da Mainstream Renewable Power da Irlanda. A empresa possui um portfólio de empreen...