México
Notícias

Nokia e AT&T implantam rede LTE privada no porto de Progreso, em Yucatán

Bnamericas Publicado: quinta-feira, 01 setembro, 2022
Nokia e AT&T implantam rede LTE privada no porto de Progreso, em Yucatán

O terminal de contêineres mexicano APM Terminals Yucatán, que opera no porto de Progreso, em Yucatán, entrou em operação com uma rede sem fio industrial que possui antenas e sistemas da Nokia e uma radiofrequência 4,9G LTE fornecida pela AT&T México.

“Por enquanto, não há um acordo formal para uma evolução para o 5G, mas o DAC está pronto para isso”, disse o chefe de vendas da Nokia para indústrias digitais na América Latina, Renato Bueno, à BNamericas.

O DAC é uma rede sem fio privada e plataforma de computação de ponta projetada para atender às necessidades de missão crítica de indústrias de ativos intensivos, como terminais portuários, de acordo com a Nokia.

Bueno disse que cinco sites (antenas e equipamentos relacionados) foram instalados para cobrir a área do terminal da APM, que abrange 11,5 hectares. Os termos financeiros do contrato não foram divulgados.

Em um comunicado, a Nokia disse que o DAC fornece conectividade sem fio de “nível industrial” para o Terminal Operation System virtualizado da APM e permitirá casos de uso futuros, como operações de guindastes remotos e autônomos nos píeres e pátios, além de permitir novos recursos nos APM Terminals.

O APM Terminals Yucatán é o único terminal de contêineres em Puerto Progreso, um porto de águas profundas e um importante centro logístico para a península de Yucatán e sudeste do México.

O grupo de logística disse que a força do sinal superou as expectativas e que a rede está agora a ser considerada como referência para os restantes terminais do grupo.

REDES PRIVADAS

Em entrevista no início deste mês à BNamericas, Bueno afirmou que a indústria portuária pode assumir a liderança em termos de redes 5G privadas na América Latina.

Considerando todas as tecnologias, a indústria de mineração lidera atualmente com cerca de 50% dessas redes implantadas na região, acrescentou ele na entrevista.

No setor de mineração, a Nokia tem uma participação de cerca de 80%, segundo Bueno.

A outra metade do mercado está dividida entre os setores de portos, manufatura, óleo e gás e serviços públicos.

5G

Conforme revelado pela BNamericas, o porto brasileiro de Santos está se preparando para implantar o que seria a primeira rede 5G da América Latina em um porto.

Recentemente, o terminal de contêineres de Paranaguá (TCP)  lançou o que afirma ser a primeira rede LTE privada do setor portuário brasileiro.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Infraestrutura (México)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Infraestrutura projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

Outras companhias em: Infraestrutura (México)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Infraestrutura companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: CGAL S.A. de CV.  (CGAL)
  • A descrição contida neste perfil foi extraída diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores da BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...