Brasil
Notícias

Por que a Ocyan está otimista quanto ao mercado brasileiro de FPSOs

Bnamericas Publicado: quinta-feira, 10 novembro, 2022
Por que a Ocyan está otimista quanto ao mercado brasileiro de FPSOs

A brasileira Ocyan está otimista com as perspectivas para o mercado brasileiro de FPSOs, conforme explicou à BNamericas o vice-presidente executivo das unidades de serviços integrados da empresa, Jorge Mitidieri (na foto).

“As perspectivas são surpreendentes, pois são esperados mais de 40 novos projetos nos próximos anos. Um terço desses projetos será executado no Brasil, para Petrobras, IOCs [companhias petrolíferas independentes] e independentes”, disse ele.

O atual plano de negócios da Petrobras prevê o início das operações de 15 FPSOs entre 2022 e 2026, dos quais um (Guanabara) já começou a produzir.

Dessas plataformas, apenas uma (P-81) ainda não foi contratada, mas o novo plano da estatal, que será lançado até o final deste ano, envolverá um lote adicional de unidades de produção a serem encomendadas.

Enquanto isso, grupos privados como Shell (Gato do Mato), Equinor (Bacalhau), Trident Energy (Pamo e Enchova) e Enauta (Atlanta) deverão contratar ou colocar em operação novos FPSOs nos próximos anos.

Para Mitidieri, todas as formas de contratação – construir, possuir e operar (BOO); construir operar e transferir (BOT); construir, possuir, operar e transferir (BOOT); e engenharia, compras e construção (EPC), além do modelo charter – estão disponíveis para serem testados pelas petroleiras.

“A diversificação de clientes é importante para o mercado brasileiro, e o aumento da presença de empresas independentes tenderá a crescer com o plano de desinvestimentos da Petrobras em andamento e os novos leilões [da ANP]”, disse o executivo.

Ele destacou que custos e financiamentos serão impactados quando o mercado de FPSOs competir com o de energia renovável.

“Muitos investidores estão se posicionando para não colocar capital em projetos greenfield para produção de hidrocarbonetos, mas ainda precisamos de muito petróleo e gás”, afirmou Mitidieri.

Atualmente, a Ocyan opera os FPSOs Pioneiro de Libra e Cidade de Itajaí para a Petrobras e Karoon nos projetos Libra e Baúna, respectivamente, e está se preparando para operar um FPSO e uma plataforma TLWP para a 3R Petroleum no campo de Papa-Terra – todos os casos em parceria com a Altera Infrastructure (antiga Teekay Offshore).

Nos próximos anos, a Ocyan pretende buscar novos contratos de operação e manutenção (O&M) de FPSOs de terceiros.

Com relação às vantagens da Ocyan, Mitidieri destaca sua experiência na construção de unidades offshore e estruturação de project finance.

“A financiabilidade dos projetos de FPSO tornou-se cada vez mais crítica para o sucesso de novas conquistas”, ressaltou.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: Óleo e Gás (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

  • Projeto: Bloco CM-99
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Bloco CM-147
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Bloco CM-334
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Bloco REC-T-86
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Bloco ES-T-86
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás
  • Projeto: Bloco CM-58
  • Estágio atual: Borrado
  • Atualizado: 2 semanas atrás

Outras companhias em: Óleo e Gás (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de Óleo e Gás companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Petróleo Brasileiro S.A.  (Petrobras Brasil)
  • A Petróleo Brasileiro SA (Petrobras) é uma sociedade anônima brasileira de economia mista fundada em 1953 no Rio de Janeiro que se dedica à exploração de petróleo e gás; produçã...
  • Companhia: Raízen Energia S.A.  (Raízen)
  • A Raízen Energia SA, uma joint venture entre a gigante anglo-holandesa Royal Dutch Shell Plc e a grande brasileira de biocombustíveis Cosan SA, oferece produtos de açúcar e etan...
  • Companhia: PJSC Gazprom do Brasil  (Gazprom do Brasil)
  • PJSC Gazprom do Brasil é o escritório de representação para o Brasil da Gazprom, empresa global de energia com sede em São Petersburgo, Rússia. A Gazprom concentra-se na explora...
  • Companhia: Honeywell do Brasil, Ltda.  (Honeywell Brasil)
  • Honeywell do Brasil, Ltda. é a filial local da empresa americana Honeywell International Inc. A empresa sediada em São Paulo possui 13 instalações no país, incluindo três fábric...
  • Companhia: Consorcio Saipem y BW Offshore
  • O Consórcio Saipem e BW Offshore é uma parceria formada pela BW Offshore do Brasil Ltda. e Saipem da Brazil Petroleum Services Ltda. para a execução do projeto FPSO Gato do Mato...
  • Companhia: Rochamar Agencia Maritima S.A.  (Rochamar)
  • A Rochamar é uma empresa brasileira de agenciamento marítimo e faz parte do grupo chileno Ultramar. Faz parte da Rede Ultramar, aliança de agências que conecta Argentina, Urugua...