Brasil
Notícias

Telefónica expande presença no segmento de energia da América Latina com acordo no Brasil

Bnamericas Publicado: segunda-feira, 21 novembro, 2022
Telefónica expande presença no segmento de energia da América Latina com acordo no Brasil

A Telefónica continua avançando em projetos de conectividade dedicada no setor de energia da América Latina, um segmento que tem recebido forte interesse de diferentes operadoras da região, em meio à crescente demanda por projetos relacionados a indústria 4.0 e automação.

No acordo mais recente, a subsidiária brasileira do grupo espanhol fechou um contrato com a Brasil BioFuels (BBF), uma das maiores produtoras de óleo de palma e biocombustíveis do mundo, para a implantação de 23 antenas 4G LTE em uma área agrícola de 1.700 km², a partir de dezembro.

O projeto foi anunciado pela Brasil BioFuels. Procurada, a Telefônica Brasil informou que não comentaria o assunto. Detalhes do contrato, como valor, não foram divulgados.

As 23 antenas devem ser lançadas até março de 2024, contou a BBF em um comunicado. Elas serão implantadas em 13 municípios do norte do Pará, onde se concentra a maior parte das operações da BBF, incluindo Barcarena, sede do porto de Vila do Conde usado pela BBF para escoar sua produção.

Segundo a BBF, as tecnologias usadas serão Narrow Band IoT (NB-IoT) e Long Term Evolution for Machines (LTE-M), redes específicas para internet das coisas e aplicações machine-to-machine.

A expectativa é que a rede suporte aplicações de rastreamento da frota logística e da origem dos frutos, segundo o grupo de biocombustíveis. A BBF também planeja avançar na migração para a nuvem e no monitoramento do clima, entre outros investimentos em tecnologia.

“Com a parceria, vamos atuar em linha com os conceitos e as melhores práticas da indústria 4.0, aumentando a automação dos nossos processos e gerando mais eficiência em nossas operações”, afirmou o CEO do BBF, Milton Steagall, em nota.

Além da BBF, espera-se que a rede também beneficie as comunidades vizinhas.

“Nossa empresa está investindo na combinação da agricultura com tecnologia, para impulsionar as melhores práticas ambientais, maximizar a eficiência de nossos negócios e ampliar o acesso à internet das comunidades vizinhas”, acrescentou Steagall.

A conectividade também é fundamental para a preparação da BBF para aumentar a produção.

Em entrevista à BNamericas no mês passado, Steagall disse que a empresa investirá R$ 2,2 bilhões (US$ 412 milhões) em uma biorrefinaria em Manaus, no estado do Amazonas, focada em diesel verde (HVO) e combustível de aviação sustentável (SAF).

A BBF afirma ser a maior empresa de óleo de palma da América Latina, com produção de cerca de 200.000 t/ano. A empresa possui duas unidades de processamento de palma no Pará, além de 25 termelétricas em operação e 13 em implantação.

PROJETOS

Além da BBF, a Telefónica tem outros projetos em andamento no setor de bioenergia do Brasil. Um deles é um piloto de 5G com a brasileira Raízen, em parceria com a Ericsson.

Também no Brasil, a produtora de biocombustíveis UISA contratou a Telefônica Brasil para implantar uma rede 4G privada em 88.000 hectares da fazenda Guanabara.

Assim como no caso da BBF, o contrato, assinado em 2020, compreende as tecnologias NB-IoT e LTE-M para suporte a aplicações de IoT.

A Telefônica também será responsável pela infraestrutura física associada ao projeto de IoT, incluindo a construção de torres, equipamentos eletrônicos para prestação de serviços móveis e 300 dispositivos IoT.

Além dos biocombustíveis, outro projeto importante para a empresa no segmento de energia é uma rede 5G privada para a gigante brasileira do petróleo Petrobras.

Na área de energia, a Movistar Argentina, da Telefónica, está implantando NB-IoT para a empresa energética local Edenor em um teste da tecnologia. O objetivo é ajudar a Edenor a realizar leituras remotas de medidores inteligentes e detectar avarias, ligações clandestinas, cortes e outros incidentes que possam ocorrer nas linhas elétricas.

O projeto é considerado a primeira implementação da tecnologia de IoT em uma empresa de serviço público da Argentina.

No México, a subsidiária local da Telefónica anunciou recentemente que atingiu 1 milhão de acessos IoT no país, enquanto no Chile a empresa tem projetos de NB-IoT em parceria com a Huawei.

Em todo o mundo, o grupo teria mais de 40 milhões de conexões IoT, muitas delas usando a tecnologia NB-IoT.

RENOVÁVEIS

Em uma notícia relacionada, a Telefónica anunciou que sua subsidiária chilena se tornou a mais nova unidade a ter 100% de seu consumo de energia proveniente de fontes renováveis, juntando-se às operações da empresa no Peru e em seus quatro principais mercados – Espanha, Reino Unido, Alemanha e Brasil –, todos 100% abastecidos com fontes verdes.

A telco também afirmou que houve avanços no Equador e na Argentina, com compras de certificados verdes para as operações locais.

LEIA TAMBÉM Destaque: os novos projetos de energia renovável das telcos na América Latina

LEIA TAMBÉM Energias renováveis passam a ser atrativas para empresas de telecomunicações no México

Segundo a Telefónica, até o final deste ano, 50% de seu consumo de energia na América Latina e 84% do total do grupo serão provenientes de fontes renováveis.

A Telefónica também publicou a primeira análise de impacto e benefícios ambientais do ciclo de vida de seus serviços de conectividade, com base na aplicação da Taxonomia Europeia para Atividades Sustentáveis, com o objetivo de reforçar seus compromissos de descarbonização até 2040.

No que diz respeito às redes móveis, a Telefónica informou que o impacto ambiental por PB da rede 4G/5G tem se mostrado 7 vezes menor que o da rede 2G/3G, devido ao menor e mais eficiente consumo de energia durante o transporte e processamento de dados no sistema de rede.

A Telefónica se comprometeu a zerar as emissões líquidas de carbono até 2025 na Espanha, Reino Unido, Alemanha e Brasil e até 2040 em outras partes da América Latina.

Fonte da imagem: BBF

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: TIC

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

Outras companhias em: TIC (Brasil)

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: Net Service S.A.  (NetService)
  • A descrição contida neste perfil foi extraída diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores da BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...
  • Companhia: Consórcio Fraganet
  • O Consórcio Fraganet é uma empresa formada pela Fraga de Medeiros Projetos Ltda. e Net Service SA para a execução do projeto Rede de Fibra Óptica do Espírito Santo (ES-Digital),...
  • Companhia: Telefônica Brasil S.A.  (Telefónica Brasil)
  • A Telefônica Brasil SA é uma empresa brasileira de telecomunicações de capital aberto que oferece voz fixa e móvel, banda larga fixa e móvel, ultra-banda larga, dados e serviços...
  • Companhia: Governo do Estado do Ceará
  • O governo do estado do Ceará cobre 184 municípios e 8,7 milhões de residentes no Nordeste do Brasil. Desenvolve políticas e projetos por meio das secretarias de infraestrutura, ...
  • Companhia: Reason Tecnologia S.A.  (Reason)
  • A brasileira Reason Tecnologia SA desenvolve produtos de redes de medição e automação de subestações para operadoras de transmissão e distribuição. Oferece instrumentos de monit...