Argentina , Chile e Peru
Notícias

Telefónica contrata Amdocs para sistemas baseados em nuvem no Peru, Argentina e Chile

Bnamericas Publicado: quarta-feira, 09 novembro, 2022
Telefónica contrata Amdocs para sistemas baseados em nuvem no Peru, Argentina e Chile

A Telefónica ampliou uma aliança com a Amdocs e assinou um novo contrato plurianual para a implantação de sistemas operacionais baseados em nuvem em suas unidades na Argentina, Chile e Peru.

Segundo o acordo, cujos valores e termos específicos não foram divulgados, a Amdocs vai “modernizar os sistemas de suporte aos negócios (BSS) e implantar módulos de seu sistema de suporte operacional (OSS) nativo de nuvem na nuvem pública” nas três subsidiárias da Telefónica, informaram as empresas em um comunicado.

“Temos o prazer de expandir estrategicamente nossa colaboração com a Amdocs para conduzir essa transformação digital nas nossas empresas na Argentina, Chile e Peru, e ser a primeira operadora da região a migrar módulos OSS para a nuvem”, disse Andrea Folgueiras, CTO da Telefónica HispAm.

A expectativa é que as implementações reduzam os custos para as subsidiárias da Telefónica e melhorem os principais indicadores de desempenho comercial e operacional, de acordo com as companhias.

Como parte do acordo, a Amdocs também implementará seu pacote Services Delivery Factory nas unidades da Telefónica para acelerar a automação.

MAIS CONTRATOS

Na América Latina, a Amdocs aposta em negócios além dos tradicionais OSS e BSS, principalmente serviços gerenciados e planejamento de negócios.

“Estamos em contato com muitas operadoras e em negociações no Brasil, que está entre os países mais avançados em relação às redes 5G autônomas. Também trabalhamos com [empresas no] Chile, República Dominicana, Peru e Colômbia”, disse à BNamericas o presidente da Amdocs América Latina, Clayton Cruzno início deste ano.

No México, a Amdocs assinou um contrato de cinco anos com a AT&T para migrar sistemas próprios implantados na telco para a nuvem.

Outro cliente mexicano, embora não necessariamente novo, é a América Móvil.

No Brasil, seu maior mercado, a Amdocs assinou um novo contrato em maio com a Vivo, subsidiária da Telefónica.

A Amdocs também vê potencial para acordos com os vencedores do leilão do 5G do Brasil, inclusive participantes novos no mercado, após um contrato plurianual firmado com a operadora de telefonia móvel Winity Telecom, como o diretor de vendas da Amdocs para a América Latina, Ralf Souza, contou à BNamericas em agosto.

Como parte desse contrato, a Amdocs está fornecendo serviços de engenharia, planejamento e projeto para o lançamento da rede da Winity, destacou Souza.

A Amdocs também firmou um contrato no Brasil com a EAF, entidade criada pelas empresas de telecomunicações que venceram o leilão de espectro 5G de novembro para supervisionar os investimentos obrigatórios do leilão, para um projeto de criação de duas redes seguras para o governo, parte das obrigações incluídas no leilão do 5G.

Esse projeto compreende uma rede de fibra metropolitana para atender aos órgãos governamentais em cada capital estadual e uma rede móvel na capital federal Brasília.

A Amdocs venceu uma licitação convocada pela EAF e ajudará a entidade com os detalhes técnicos dessas redes. Também definirá a solicitação de propostas (RFP) para a aquisição de equipamentos para as duas redes, revelou o presidente da EAF, Leandro Guerra, no evento recente Futurecom.

Essas RFPs devem ser lançadas no ano que vem.

Em seus resultados fiscais do quarto trimestre divulgados recentemente, que correspondem ao trimestre encerrado em 30 de setembro, a Amdocs registrou receita de US$ 1,16 bilhão, um aumento de 7,3% em relação ao ano anterior e de 9,5% em moeda constante.

As receitas do ano fiscal total cresceram para US$ 4,57 bilhões, acima dos US$ 4,28 bilhões do período anterior.

A empresa não detalha as vendas para a América Latina.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina. Deixe-nos mostrar nossas soluções para Fornecedores, Empreiteiros, Operadores, Governo, Jurídico, Financeiro e Seguros.

Assine a plataforma de inteligência de negócios mais confiável da América Latina.

Outros projetos em: TIC (Chile)

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC projetos na América Latina: em que etapas estão, capex, empresas relacionadas, contatos e mais.

Outras companhias em: TIC (Chile)

Tenha informações cruciais sobre milhares de TIC companhias na América Latina: seus projetos, contatos, acionistas, notícias relacionadas e muito mais.

  • Companhia: C&C Acústica SpA  (CyC Acústica)
  • A descrição contida neste perfil foi extraída diretamente de uma fonte oficial e não foi editada ou modificada pelos pesquisadores da BNamericas, mas pode ter sido traduzida aut...
  • Companhia: VTR Globalcom S.A.  (VTR Globalcom)
  • A VTR Globalcom (VTR) é uma operadora chilena de telecomunicações a cabo e móvel, subsidiária da Liberty Global, com sede nos Estados Unidos. Presta serviços de televisão por as...
  • Companhia: Sixbell
  • Sixbell é uma empresa chilena dedicada à integração de voz e dados. Entre os serviços que oferece estão as soluções sixbell nekotec, serviços de cobrança, serviços de rede intel...
  • Companhia: Andesat S.A.  (Andesat)
  • Andesat é uma empresa de telecomunicações que fornece serviços de rede de satélite no Chile, Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela através d...
  • Companhia: Comunicación y Telefonía Rural S.A.  (CTR)
  • Comunicación y Telefonía Rural SA (CTR), uma empresa de telecomunicações chilena fundada em 1996 em Temuco, atende clientes em áreas rurais e opera uma rede de telefones público...